Motociclismo: Rally Baja Jalapão 500 superou todas as expectativas

Ricardo Martins (Sanderson Pereira/Photo-S)
Ricardo Martins (Sanderson Pereira/Photo-S)

 

 

 
A 1ª edição do Rally Baja Jalapão 500 foi exuberante em toda a sua magnitude, desde a recepção aos competidores até a premiação que contou com show do cantor e compositor Jorge Vercillo, na Praia da Graciosa em Palmas (TO). Foram 626 quilômetros, sendo 433 quilômetros de percurso cronometrado e 193 quilômetros de deslocamentos. A prova foi válida pelas 7ª e 8ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Baja.

 

 
O primeiro piloto a completar o roteiro foi Ricardo Martins, a bordo da Yamaha YZ450 fez o tempo de 05h52m17s. “A prova foi excelente, era do jeito que eu esperava, previa que a resistência faria a diferença tanto da moto quanto do preparo físico. Realmente foi assim, tiveram algumas quebras e o esforço físico foi muito exigido. Na especial cronometrada consegui abrir vantagem na geral e garantir seguir líder no campeonato na minha categoria, a Production Aberta”, contou Ricardo Martins, de Palhoça (SC).

 

 

 

 

Rodrigo Varela com o Can-Am Maverick Xds 1000 Turbo foi o primeiro colocado entre os UTVs do maior rali em um dia da modalidade Baja. Ele concluiu com o tempo de 5h58m47s. “A prova foi incrível, o Henrique Arena e toda a equipe da organização fizeram uma etapa ótima, só escuto os competidores elogiando muito o evento. Sem dúvida foi a melhor que já corri pelo Baja. Encontramos todo o tipo de terreno e desafios variados, como areia, pedra e trial. O percurso estava muito completo e bem marcado. O veículo Can-Am ofereceu segurança e foi perfeito em todas as situações”, declarou Rodrigo Varela, de Barueri (SP).

 

 

 

 

A estratégia do piloto Jérémy Dubois para a etapa deu certo com o quadriciclo KTM 525 XC e venceu na categoria com o tempo de 06h23m43s. “Estou satisfeito e muito feliz com o resultado. Mesmo não ter contado com isso antes da largada, pois o objetivo inicial por não saber o que me esperava era somente terminar. O nosso quadriciclo 4×2 se comportou muito bem, show de bola. Andei forte, pena ter acontecido de furar pneu no trecho de trial com muita pedra e ficar sem a ventuinha do motor a partir do km 250. Mesmo assim soube administrar e seguir firme com um bom ritmo até o final”, ressaltou o piloto”, disse o piloto de Taubaté, no Vale do Paraíba, interior paulista.

 

 

Jalapão
Jalapão

 

O Baja Jalapão500 é uma realização de Arena Promoções e Eventos, tem patrocínio da Can-Am, apoio Prefeitura Municipal de Palmas, Governo de Tocantins, Bike Box, Balau Racing, Unicom, Prefeitura Municipal de Ponte Alta, Marca Motors Mitsubishi e Munart Hotel. A supervisão é da CBM – Confederação Brasileira de Motociclismo.

 

 

 

Os primeiros colocados por categoria:

 

 

 

Motos

1) Ricardo Martins (PDA), 05h52m17s

2) Luiz Fernando Menuzzo (PDA), 06h02m25s

3) Marcos Finato (SPD), 06h02m40s

4) Rubens Neiton (PDA), 06h04m20s

5) Janson Paulo de Oliveira (Over 40), 06h05m45s

 

 

 

 

Quadriciclos

1) Jérémy Dubois, 06h23m43s

2) Gelson Pinheiro Belmonte,0 6h34m00s

3) Leonardo Milesi, 13h47m30s

 

 

 

UTVs

1) Rodrigo Varela (1/UPRO), 05h58m47s

2) Maurício Pena Rocha (UPDA), 05h59m08s

3) Aristides Mafra Junior (USPD), 06h01m58s

4) José Hélio Rodrigues/Dionísio da Silva (USPD), 06h06m51s

5) Wander Manboel Garcez Ribeiro (UPDA), 06h10m23s

 

 

 

 
Fonte: Da Redação com informações provenientes de Agências de Notícias e da assessoria do evento