Maratona Aquática: Seleção Brasileira de Maratonas é definida para Mundial em Budapeste.

Seleção Brasileira de Maratonas é definida para Mundial em Budapeste.

 

Após os cinco quilômetros da Meia Maratona Nacional de Foz do Iguaçu, disputados na manhã de sábado, dia 13, a seleção brasileira que irá ao Mundial de Esportes Aquáticos em Budapeste foi definida e contará com Ana Marcela Cunha, Betina Lorscheitter, Viviane Junglbut, Allan do Carmo e Fernando Ponte. Assim como nos dez quilômetros, os dois primeiros colocados, no masculino e no feminino, conquistaram o direito de nadar os cinco quilômetros na Hungria. Ana Marcela, Allan e Fernando também irão competir nos dez quilômetros em Budapeste.

 

 

 

 

 

Na definição dos 5km, ao final da primeira volta, o pelotão principal masculino era liderado por Vitor Colonese, Henrique Figueirinha e Allan do Carmo. A prova continuou acirrada durante todo o percurso e, somente nos últimos 300 metros, Allan do Carmo assumiu a liderança e fechou a prova com 54m27. Fernando Ponte ficou com a segunda colocação, com 54m28, invertendo as posições da prova de dez quilômetros. Victor Colonese completou a prova em 54m30 e garantiu a terceira colocação.

 

 

 

 

 

 

“No começo vi a nova geração puxando forte e no final a disputa foi muito grande. A prova teve ritmo muito forte, de alto nível e isso dá gosto de ver. Poder participar de provas de alto nível no Brasil, com essa competitividade, só vai fortalecer as maratonas. Saio feliz e querendo treinar ainda mais para representar bem o Brasil”, comentou Allan do Carmo, integrante do Time Brasil nos Jogos Rio 2016.

 

 

 

 

 

No feminino, Ana Marcela Cunha foi campeã ao completar a distância em 57m47. Betina Lorscheitter chegou em segundo com 57m57. Viviane Jungblut, que conquistou uma vaga na prova de 10km, completou a disputa dos 5km em 58m04, na terceira posição.

 

 

 

 

 

“Essa foi uma prova diferente da que estou acostumada. Sabia que as meninas vinham rápidas, então se eu deixasse o ritmo mais fraco e puxasse no final, poderia arriscar muito. Quando fechamos a primeira volta eu puxei um pouco mais e separamos o grupo. No final eu ainda estava na frente e, quando as meninas chegaram, eu consegui me manter na frente”, comentou Ana Marcela Cunha, que também representou o Time Brasil em agosto do ano passado.

 

 

 

 

Os atletas classificados têm até esta segunda-feira, dia 15, para confirmarem a presença no Mundial. Allan do Carmo e seu treinador, Luis Rogério Arapiraca, estudam a possibilidade de nadar somente uma das duas provas em que Allan se classificou. Caso abra mão de disputar os cinco quilômetros, em Budapeste, o Brasil irá levar o terceiro colocado da prova da mesma distância.

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da CBDA