Libertadores 2019 – Grupo F: Palmeiras encara o Melgar para assegurar classificação às oitavas de final

Melgar x Palmeiras – Imagem Departamento de Artes do Portal Bragança

 

 

Vice-líder do Grupo F da Taça Libertadores da América, o Palmeiras encara o Melgar, no Peru, para assegurar a classificação às quartas de final da competição. Para alcançar a classificação, o time de Luiz Felipe Scolari precisa, no mínimo, empatar na casa peruana.

 

 

Um dos pilares do meio-campo palmeirense, Felipe Melo projetou o confronto diante do Melgar. “”Vai ser muito difícil. É uma equipe boa, um ataque rápido, um número 10 que é bom, temos de estar de olho nele. Partida decisiva, vamos ver se ganhamos. Respeitamos todas as equipes. É a máxima do futebol, respeitar”, afirmou.

 

 

 

Precisando de apenas um ponto para assegurar a classificação, Felipe Melo falou sobre a importância do confronto. “É um time que vai jogar todas as fichas nesse jogo. A única oportunidade de se classificarem passa por vencer esse jogo. Nós também queremos classificar e precisamos de no mínimo um ponto. A nossa ideia é classificar em primeiro, a gente precisa vencer os dois jogos. Vamos encarar como uma final de campeonato”, garantiu o camisa 30.

 

 

 

Decisão peruana

 

 

Na terceira colocação do Grupo F com quatro pontos, os peruanos precisam vencer os dois jogos que restam e torcer para uma combinação de resultados para que possa alcançar a classificação. O Melgar aposta no fator casa para encarar o jogo desta quinta-feira (25).

 

 

Ficha técnica:
Melgar x Palmeras;
Horário: 23h;
Local: estádio Monumental de Arequipa, no Peru;

 

 

Árbitro: Carlos Orbe (EQU);
Assistente 1: Byron Romero (EQU);
Assistente 2: Ricardo Baren (EQU);
Quarto árbitro: Franklin Congo (EQU);

 

 

 

Melgar: Cáceda; Carmona, Narváez, Villalba e Mifflin; Arias, Freitas, Vidales e Sánchez e Araraki (Carlos Neyra); Bernardo Cuesta. Técnico: Jorge Pautasso.

 

 

Palmeiras: Weverton; Mayke; Luan, Gómez e Victor Luis; Felipe Melo, Bruno Henrique e Scarpa; Carlos Eduardo (Hyoran ou Moisés), Dudu e Deyverson. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

 

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da FPF