Jogos Parapan-Americanos de Toronto 2015: Com medalhas inéditas no tiro com arco, Brasil se consolida no topo do quadro do Parapan de Toronto

Jane Karla levou o ouro na disputa do arco composto feminino
Jane Karla levou o ouro na disputa do arco composto feminino

 

 

 

O Brasil segue em destaque na disputa dos Jogos Parapan-Americanos de Toronto, no Canadá. Nesta segunda-feira, 10, terceiro dia de competições, a equipe nacional obteve mais pódios.

 

 

A principal história do dia ficou por conta de Jane Karla. A brasileira superou a canadense Karen Van Nest na decisão do arco composto feminino. Ela fez 140 pontos, enquanto a rival obteve 132. Desta forma, sagrou-se campeã parapan-americana na segunda modalidade diferente, já que havia sido medalhista também no tênis de mesa no Rio-2007 e em Guadalajara-2011.

 

 

 

 

“Estou muito emocionada. A decisão de mudar de modalidade agora se mostra acertada. Chegou um momento em que eu tive que decidir se mudava de cidade para continuar treinando para tênis de mesa. Até tentei continuar, mas estava complicado. Então, em janeiro, decidi que ia ficar no tiro com arco e resolvi pegar firme na modalidade”, disse Jane Karla, de 40 anos.

 

 

 

Outro que brilhou no tiro com arco foi Luciano Rezende. Em disputa muito acirrada, ele venceu Eric Bennett, dos Estados Unidos, por 6 a 4. Desta forma, conquistou a segunda medalha de ouro da modalidade nesta segunda-feira. ​E com muita emoção. Em seu último tiro, o brasileiro deixou a flecha cair e teve apenas quatro segundos para fazer o disparo certeiro que lhe garantiu o título.​

 

 

 
Ainda no tiro com arco, Thais Carvalho também subiu ao pódio. Ela foi medalhista de prata no arco recurvo, após perder a decisão do ouro para a americana Natalie Wells, por 6 a 2.

 

 

 

Fonte: Da Redação com informações provenientes de Agências de Notícias e Assessoria de Imprensa do Comitê Paralímpico Brasileiro em Toronto