Jogos Paradesportivos de Santa Catarina 2015: Joinville é tricampeão dos Jogos Paradesportivos de Santa Catarina.

Joinville é tricampeão dos Jogos Paradesportivos de Santa Catarina. - oto: Epa Machado / Fesporte
Joinville é tricampeão dos Jogos Paradesportivos de Santa Catarina. – oto: Epa Machado / Fesporte

 

 

A 11ª edição dos Jogos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc) terminou nesta quinta-feira, 30, em São Miguel do Oeste. Foram cinco dias de evento com participação 62 delegações de municípios. Os Jogos Paradesportivos de 2015 contaram com 1.700 atletas que driblaram suas deficiências superando limitações. A taça de grande campeão geral ficou com o município de Joinville que totalizou 39 pontos. A delegação vitoriosa comemorou em grande estilo com seus 167 paratletas, na quadra do Ginásio de Esportes da Escola Adroaldo Lick. Joinville levou ouro também em 2011 e 2012. Agora em 2015 se consagrou tricampeã dos Parajasc.

 

 

O segundo colocado geral foi o município de Itajaí com 31 pontos. O município de Chapecó conquistou 16 pontos e ficou com a terceira colocação.

 

 

 

O presidente da Fesporte, Marcelo Kowalski, destacou o bom desempenho da organização e avalia com saldo positivo o desenvolvimento dos jogos paradesportivos. “Nossa prioridade nesta 11ª edição foi de realizar um evento visando utilizar o esporte como meio de inclusão e beneficiar a saúde dos paratletas, o que foi concluído com êxito. Em nome do Governador Raimundo Colombo, parabenizo todos os participantes que de uma forma ou de outra contribuíram para o suscesso dos Parajasc. Agradeço também ao município e demais autoridades de São Miguel do Oeste que acolheram a todos para a realização de um evento considerado referência para o Brasil, quando o assunto é paradesporto”, agradece Kowalski.

 

 

 

O diretor geral de esporte da Fesporte, Luciano Heck, acredita que tudo transcorreu dentro do esperado nesta parceria entre, Governo do Estado, prefeitura e Secretaria de Desenvolvimento Regional. “Todos nossos objetivos foram atingidos.Sempre há algo para melhorar, estamos em busca de fazer cada vez mais dentro de nossas possibilidades. No geral foi um evento marcado pela emoção, pois ver a superação que esses atletas buscaram um no outro é um registro indescritível dos Parajasc”, conclui.

 

 

De acordo com o coordenador-geral da competição, Adriano Ribeiro, o reflexo está na qualidade dos jogos. “A tendência é que os Parajasc se solidifiquem a cada ano. Todos os paratletas estão de parabéns pelo desempenho e dedicação”.

 

 

 

Segundo o prefeito de São Miguel do Oeste, João Carlos Valar, é um orgulho poder ser sede de uma competição do nível dos Parajasc. “Estamos todos emocionados com a garra e determinação destes atletas que ultrapassam limites para alcançar seus objetivos, sendo exemplo para todos nós que, por tão pouco, desistimos ou deixamos o desânimo tomar conta. Deixamos toda a nossa estrutura, o nosso município à disposição do Governo do Estado e da Fesporte para futuras competições”, finaliza.

 

 

 
Da Redação com informações provenientes de Pamela Marin – Assessora de Imprensa Fesporte