Jogos Pan-americanos Toronto 2015: Time Brasil terá 600 atletas nos Jogos Pan-americanos Toronto 2015

Time Brasil
Time Brasil – Crédito: Wander Roberto/Inovafoto/COB

 

 

 

A última escala do Time Brasil antes dos Jogos Olímpicos Rio 2016 será realizada com a maior delegação esportiva da história a deixar o país. De 10 a 26 de julho, 600 atletas brasileiros disputarão medalhas em 46 modalidades dos Jogos Pan-americanos Toronto 2015. Organizada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), a delegação terá quase 1.000 pessoas, entre atletas, treinadores, médicos, fisioterapeutas e oficiais, entre outros. (veja aqui a lista de atletas em PDF).

 

 

O Time Brasil levará nomes de peso a Toronto, como o bicampeão olímpico Robert Scheidt (vela), além dos medalhistas olímpicos Mayra Aguiar, Felipe Kitadai, Rafael Silva e Tiago Camilo, do judô; Álvaro Affonso de Miranda Neto, o Doda, do hipismo saltos; Thiago Pereira, da natação; Yane Marques, do pentatlo moderno; e mais seis jogadoras da Seleção Brasileira feminina de futebol, entre elas Formiga e Cristiane. (A relação final dos atletas de basquete, ginástica artística, rugby e vôlei será divulgada em breve pelas respectivas Confederações).

 

 

 

 

A nova geração estará representada pelos medalhistas olímpicos da juventude Marcus Vinicius D´Almeida (tiro com arco), Hugo Calderano (tênis de mesa), Matheus Santana (natação), além dos tenistas Orlando Luz e Marcelo Zormann. Outro jovem talento, Isaquias Queiroz, campeão mundial de canoagem velocidade, também integrará o Time Brasil em Toronto. A delegação contará ainda com a base do time campeão mundial feminino de handebol, além de medalhistas mundiais em diversas modalidades.

 

 

 

 

O nadador Thiago Pereira é o brasileiro com mais medalhas de ouro em todas as edições de Jogos Pan-americanos, com 12 conquistas. Em Toronto, Thiago tentará superar mais duas marcas importantes. Com 18 pódios nas últimas três edições, poderá ultrapassar o ex-nadador Gustavo Borges, com 19, como o maior medalhista brasileiro em todos os tempos. Além disso, Thiago vai tentar bater a marca histórica do ex-ginasta cubano Erick López, com 22 pódios, para ser o maior medalhista em Jogos Pan-americanos, entre todos os países.

 

 

 

A atleta Carolina Bilich competirá nas maratonas aquáticas e nas provas de 400m e 800m estilo livre da natação.

 

 

 

 

O primeiro objetivo do COB para o Pan de Toronto já foi alcançado antes mesmo do início dos Jogos. O recorde de 600 atletas supera a participação em Guadalajara 2011, onde o Brasil esteve representado por 515 atletas. A maior delegação brasileira em todas as edições de Jogos Pan-americanos foi a do Rio 2007, com 660 atletas. “O COB levará a Toronto uma grande estrutura a fim de dar total apoio aos atletas brasileiros. Sair do Brasil com uma delegação tão grande é um imenso desafio, mas estamos confiantes que nossos atletas representarão muito bem o país. Certamente essa competição motivará ainda mais a todos para os Jogos Olímpicos Rio 2016”, afirmou Carlos Arthur Nuzman, presidente do COB.

 

 

 

 

As metas do COB para Toronto são colocar o Time Brasil entre os três principais países no quadro total de medalhas das modalidades olímpicas e superar o número de pódios de Guadalajara 2011 (141 medalhas, sendo 48 de ouro, 35 de prata e 58 de bronze). A melhor participação do Brasil na história foi em casa, no Rio 2007, com 157 medalhas no total, sendo 52 de ouro, 40 de prata e 65 de bronze.

 

 

 

 

“Os Jogos Pan-americanos de Toronto são uma etapa importante na preparação para os Jogos Olímpicos Rio 2016, mas terá diferentes objetivos para cada modalidade. Algumas priorizarão os Mundiais ou outras competições internacionais. Outras enviarão suas equipes principais para Toronto. De qualquer forma, temos total confiança de que estaremos muito bem representados neste Pan”, explicou Marcus Vinicius Freire, diretor executivo de Esportes do COB.

 

 

 

 

Em Toronto, o Time Brasil competirá em todas as modalidades olímpicas e em seis pan-americanas – boliche, karatê, esqui aquático, patinação artística, softbol e squash. O Brasil não terá representantes no beisebol, hóquei sobre grama (feminino), raquetebol e patinação velocidade.

 

 

 

 

 

Para algumas modalidades, os Jogos Pan-americanos serão a chance de confirmar vagas no Time Brasil do Rio 2016. Atletismo e natação utilizarão o evento para obtenção de índices. Já modalidades como levantamento de peso, pentatlo moderno, taekwondo, tiro esportivo e o triatlo podem conquistar no Canadá mais vagas para os Jogos Olímpicos.

 

 

 

 

Para o hóquei sobre grama brasileiro, no entanto, Toronto 2015 será decisivo. O time masculino precisa ficar entre os seis primeiros para se qualificar para os Jogos Olímpicos. A canoagem slalom, o handebol e o hipismo também são modalidades classificatórias no Pan, mas nas quais o Brasil já está garantido em 2016.

 

 

 

 

A abertura oficial da Vila será no dia 5 de julho. Dois dias antes, porém, as equipes masculina e feminina de polo aquático já poderão se alojar no coração dos Jogos. A modalidade terá início no dia 7 de julho, três dias antes da abertura oficial dos Jogos. O judô também chegará a Toronto no dia 3, mas a equipe seguirá para a Universidade York, base exclusiva da delegação brasileira antes e durante os Jogos. Os judocas de cada categoria permanecerão em York até as vésperas de suas lutas, antes de se deslocarem para a Vila Pan-americana.

 

 

 

 

Para deixar tudo pronto em todas as seis Vilas que serão utilizadas pelos atletas brasileiros, uma equipe do COB chegará em Toronto no dia 28. “O atleta só tem que se preocupar com descanso, treinamento e competição. Nossa função é deixar tudo pronto para que eles tenham todas as condições de competir com qualidade e intensidade”, afirmou o chefe da missão brasileira, Bernard Rajzman. O medalhista olímpico (prata no vôlei, em Los Angeles 84) e membro do Comitê Olímpico Internacional foi Chefe de Missão do Brasil nas edições passadas de Jogos Olímpicos e Pan-americanos.

 

 

 

Um dos primeiros compromissos do Time Brasil em Toronto será a cerimônia de boas vindas à delegação nacional, na Vila Pan-americana principal, marcada para o dia 8 de julho, quarta-feira, às 15h. Na ocasião, com a delegação perfilada, será hasteada a Bandeira Nacional na principal casa dos atletas dos Jogos Pan-americanos.

 

 

 

 

A expectativa de custo da Missão brasileira nos Jogos Pan-americanos Toronto 2015 é de R$ 10 milhões, oriundos da Lei Agnelo/Piva.

 

 

 

Os Jogos Pan-americanos Toronto 2015 reunirão mais de 6 mil atletas de 42 países das Américas na disputa por medalhas em 36 esportes e 52 modalidades.

 

 

 

 

Curso de Capacitação de Chefes de Equipe

 

 

 

 

Em uma iniciativa inédita, o Comitê Olímpico do Brasil realizou o Curso de Capacitação de Chefes de Equipe (CCCE), qualificando os gestores das Confederações Brasileiras Olímpicas para atuarem nos Jogos Toronto 2015. O curso reuniu grande parte dos 51 profissionais escolhidos para integrarem o Time Brasil no Canadá e discutiu todos os detalhes da operação e logística da missão brasileira de Toronto 2015. “Os Chefes de Equipe são os nossos canais de comunicação com os atletas. Em uma missão grande como a de Jogos Pan-americanos, começamos a falar com eles com dois anos de antecedência. Passamos tudo o que está sendo planejado, como será toda a operação, principais riscos, procedimentos de viagem, de credenciamento, de inscrição esportiva, entre outras coisas. Com prazo, é possível fazer todos os ajustes necessários”, afirmou Gustavo Harada, gerente-geral de Jogos e Operações Internacionais do COB e subchefe da missão brasileira.

 

 

 

Vila Pan-americana e Sub-vilas

 

 

 

 

A delegação brasileira ficará dividida na Vila Pan-americana principal, localizada no centro de Toronto, e nas outras cinco sub-vilas dos Jogos: Brock University (Remo e Canoagem), Nottawasaga (Tiro esportivo e Hipismo), Horseshoe Resort (Ciclismo MTB), McMaster University (Futebol) e Minden (Canoagem Slalom).

 

 

 

 

Universidade York

 

 

 

 

Além de apoiar a preparação esportiva dos atletas, o COB está à frente do planejamento de toda a logística que envolve a Missão Brasileira em Toronto. Assim como em Londres, com o Crystal Palace, em Toronto o Time Brasil terá uma base exclusiva de treinamento, que será montada pelo COB na Universidade York, mesmo local de competições oficiais de atletismo e tênis. Além dessas duas modalidades, basquete, judô e lutas também treinarão em York antes do início das competições.

 

 

 

 

“Teremos privacidade para o treinamento, facilidades de escolha de horários e uma grande vantagem por York ser local de competição de atletismo e tênis. Com isso, vamos poupar nossos atletas de deslocamentos excessivos e proporcionar conforto e comodidade a eles”, afirmou Edgar Hubner, gerente-geral de Juventude e Infraestrutura do COB e que será o responsável pela operação no local. “Também poderemos levar sparings de lutas e judô, o que não seria possível se estes atletas ficassem na Vila”, acrescentou Edgar.

 

 

 

Em um período de pico, o Brasil ocupará até 140 leitos nos dormitórios da universidade. O COB montará estruturas médicas, de fisioterapia, massoterapia, além de ciências do esporte, como análise de imagens e bioquímica.

 

 

 

 

O chefe de cozinha da universidade veio ao Brasil há alguns meses para conhecer as particularidades da culinária nacional. Com o apoio da nutricionista Renata Parra, foi montado um cardápio diário com ingredientes familiares ao paladar dos atletas brasileiros.

 

 

 

 

Espaço Time Brasil

 

 

 

 

O COB montará ainda um local para a celebração das medalhas dos atletas brasileiros. O Espaço Time Brasil estará localizado em uma galeria de arte no Destillary District e receberá os medalhistas para uma homenagem no mesmo dia de suas conquistas. O local será o ponto de encontro entre atletas, treinadores, familiares e padrinhos do Time Brasil. Haverá exposições de uniformes, além de uma série de eventos e ações de patrocinadores durante o Pan. O Espaço Time Brasil funcionará diariamente das 11h às 17h para visitação do público e das 18h às 23h apenas para convidados.

 

 

 

 

 
Fonte: Da Redação com informações provenientes de Agências Nacionais e com informações do COB