Jogos Pan-Americanos de Lima 2019 – Tênis: Quatro tenistas representam o Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Lima

Thiago Wild é um dos representantes brasileiros no Pan de Lima.

 

 

A história do tênis nos Jogos Pan-americanos reserva boas lembranças ao torcedor brasileiro. Maria Esther Bueno em São Paulo 1963; Thomaz Koch em Winnipeg 1967; Gisele Miró em Indianápolis 1987; Dadá Vieira em Havana 1991; Fernando Meligeni em Santo Domingo 2003; e Flávio Saretta no Rio 2007. Esses são alguns nomes que deixaram suas marcas no evento, com belas exibições e medalhas.

 

 

Em Lima 2019, quatro jovens tenistas tentarão repetir os feitos de seus ídolos. Sem Bia Haddad, suspensa, e Marcelo Demoliner, lesionado, caberá a Thiago Wild, 19 anos, João Menezes, 22, Luisa Stefani, 21, e Carol Meligeni, 23, a missão de recolocar o Time Brasil no pódio, após passar em branco em Toronto 2015.

 

 

O torneio começa nesta segunda-feira, 29, mas os brasileiros terão um dia a mais de descanso. Ou melhor, de treinos. “As condições estão boas aqui em Lima. Gostei bastante das quadras, o piso está lentinho. Estamos prontos para estrear”, disse Carol Meligeni, que estreia contra a canadense Rebecca Marino.

 

 

Do outro lado da chave está Luisa Stefani, que terá pela frente a mexicana Giuliana Olmos. No masculino, a situação dos tenistas brasileiros é mais confortável, pois ambos entram como cabeças-de-chave e, assim, estreiam somente na segunda rodada.

 

 

“Joguei aqui no ano passado, sei como é a velocidade da bola e como tenho que jogar. Estou sentindo bem a bola e acredito que temos condições de avançar na chave”, afirmou Thiago Wild, que enfrenta o norte-americano Kevin King, enquanto João Menezes ainda aguarda a definição de seu adversário.

 

 

Os brasileiros ainda estão inscritos na chave de duplas masculinas e femininas, além das mistas, cuja parceria será formada por Luisa Stefani e João Menezes. O tênis no Pan vai de 29 de julho a 4 de agosto e as partidas serão realizadas no Club Lawn Tennis de la Exposición.

 

 

Dois dos quatro atletas da delegação brasileira de tênis são integrantes do Bolsa Atleta: Carolina Meligeni e Thiago Wild, ambos na categoria internacional. A modalidade como um todo conta atualmente com 60 contemplados pelo benefício da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania. O investimento anual é de R$ 1,23 milhão.

 

 

Da Redação com informações do Comitê Olímpico do Brasil