Jogos Pan-Americanos de Lima 2019 – Badminton: Brasil estreia no badminton em Lima com chances de Medalha.

 

Equipe de badminton do Brasil para os Jogos Pan-Americamos Lima 2019.  Foto: Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br

Oito atletas do badminton defendem o Brasil em Lima: Artur Pomoceno, Fabiana Silva, Fabrício Farias, Francielton Farias, Jaqueline Lima, Sâmia Lima, Tamires Santos e Ygor Coelho. Coelho é um dos favoritos à medalha de ouro dos Jogos Pan-Americanos, colocação que seria inédita para o país.

 

 

Até hoje, o Brasil tem duas pratas e três bronzes na modalidade. O atleta, que também competiu nos Jogos Rio 2016 e chegou a ser top 30 do ranking mundial, é o atual bicampeão do Campeonato Pan-Americano da modalidade e o mais bem colocado das Américas na lista dos melhores do badminton no planeta.

 

 

O carioca de 22 anos coleciona títulos continentais desde as categorias de base. Ao todo, são oito conquistas, sendo seis como júnior e duas como adulto. “Estou confiante. Meu objetivo é ganhar amedalha de ouro”, revelou.

 

Forma de disputa

As disputas do badminton no Pan têm início no dia 29 de julho e vão até 2 de agosto. Os eventos são os individuais masculino e feminino e as duplas masculina, feminina e mista. Todas no formato mata-mata, com cinco jogos. As provas serão no Estádio Centro Deportivo Pan-Americano.

No simples feminino, as representantes brasileiras não precisarão passar por fases prévias. Fabiana Silva encara Sabrina Solis, do México. Sâmia Lima, por sua vez, desafia a canadense Rachel Honderich. Já Jaqueline Lima aguarda a adversária que sairá do confronto entre a venezuelana Tiffany Sánchez e a cubana Yeily Rodríguez.

Já no simples masculino, por conta do bom posicionamento, Ygor Coelho não precisará disputar a rodada eliminatória inicial, avançando diretamente para a segunda. Francielton Farias também já entra na segunda rodada, quando enfrenta o cubano Roberto Carlos Herrera Vázquez. Arthur Pomoceno terá pela frente o mexicano Luis Armando Navarro.

Nas duplas masculinas, logo nas oitavas de final, Francielton e Fabrício Farias encaram os donos da casa José Guevara e Daniel La Torre Regal, que certamente contarão com o apoio da torcida. Nas duplas femininas, Jaqueline e Sâmia Lima enfrentarão as dominicanas Nairoby Abigail Jiménez e Bermary Polanco. Em caso de vitória, as rivais das quartas já estão definidas: Daniela Macias e Danica Nishimura, do Peru.

Nas duplas mistas, Fabrício Farias e Jaqueline Lima já pularam a primeira rodada e disputarão as oitavas de final, ainda sem adversários definidos. Enquanto isso, Artur Pomoceno e Fabiana Silva duelam com os jamaicanos Samuel OBrien Ricketts e Tahlia Richardson.

 

 

Da Redação com informações de Ana Cláudia Felizola e Cynthia Ribeiro, de Lima, no Peru – rededoesporte.gov.br