Jogos Olímpicos Rio 2016: Usain Bolt é figurinha difícil na Vila Olímpica, mas não deixa a simpatia de lado

Numa das poucas aparições, Usain Bolt é tietado na Vila: prioridade é se preparar para competir (Foto: Rio 2016/Alexandre Vidal)
Numa das poucas aparições, Usain Bolt é tietado na Vila: prioridade é se preparar para competir (Foto: Rio 2016/Alexandre Vidal)

 

 

Estrela do Rio 2016, o jamaicano Usain Bolt é um dos atletas mais admirados e assediados da Vila Olímpica. O astro é ídolo dos próprios colegas esportistas, e a cada aparição encara uma maratona de fotos e autógrafos. Sempre de bom humor, não recusa um pedido.

 

 

 

 

O difícil aí é conseguir encontrar o superastro. Bolt quase não é visto nas áreas comuns da Vila, pois tem se dedicado integralmente à competição. A prioridade é buscar o tricampeonato Olímpico em três provas: 100m, 200m e revezamento 4x100m.

 

 

 

 

 

Por isso, Bolt e os companheiros da equipe de atletismo não participaram da cerimônia de boas-vindas à delegação da Jamaica, nesta quinta-feira (4), na Vila dos Atletas.

 

 

 

 

Embora as aparições sejam raras, quando surge em público Bolt atende a todos os pedidos de seus fãs. E sempre com um sorriso no rosto. Ao chegar à Vila, na noite da última quarta (3), ele parou para conversar com cada um que o abordou.

 

 

 

 
Mesmo fora da Vila ele não deixa a simpatia de lado. Na última terça-feira (2), recebeu a visita de crianças de comunidades próximas a seu local de treinamentos, o Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes, na Penha.

 

 

 

Da Redação com informações provenientes do Rio 2016