Jogos Olímpicos Rio 2016 – Luta Olímpica: Russo ganha o ouro por superioridade técnica na luta Olímpica

Soslan Ramonov aplica golpe em Toghrul Asgarov, que tinha ganho o ouro em Londres 2012 (Foto: Getty Images/Laurence Griffiths)
Soslan Ramonov aplica golpe em Toghrul Asgarov, que tinha ganho o ouro em Londres 2012 (Foto: Getty Images/Laurence Griffiths)

 

O russo Soslan Ramonov não deu chance para Toghrul Asgarov, do Azerbaijão, na disputa da medalha de ouro da luta Olímpica estilo livre, categoria 65kg. O atleta da Rússia venceu por 11 pontos a 0, o que foi considerado uma vitória por superioridade técnica – esse tipo de vitória ocorre quando a diferença é superior a 10 pontos – na Arena Carioca 2.

 

 

 
“Eu me preparei muito. Acho que posso lutar de olhos fechados. Não preciso pensar, minhas mãos fazem tudo automaticamente. Treinei tanto todos os golpes que, olhando de fora, pode parecer que é fácil”, afirmou o atleta russo. Apesar do placar, seu desafio não era dos mais fáceis, uma vez que Asgarov era o atual campeão Olímpico da categoria.

 

 

 

 
Nas lutas de repescagem, ficaram com o bronze Ikhtiyor Navruzov, do Uzbesquistão, e Frank Chamizo Marquez, da Itália. Na luta Olímpica, como no boxe, dois lutadores ficam com o bronze.

 

 

 

 

Categoria 97kg

 

 

 

 

A categoria até 97kg reservou mais um ouro para os Estados Unidos. Aos 20 anos, o americano Kyle Frederick Snyder bateu por 2 pontos a 1 Khetag Goziumov, do Arzeibaijão, e se tornou o atleta mais jovem do país a receber um ouro no esporte.

 

 

 

 

“O Goziumov me venceu um mês atrás e é sempre bom vingar uma derrota e continuar melhorando”, afirmou o americano.

 

 

 

 
Ficaram com o bronze o uzbeque Magomed Idrisovitch Ibragimov, que já tinha conseguido uma prata em Atenas 2004, e o romeno Albert Saritov, que quebrou um jejum de 24 anos de seu país sem medalha no esporte.

 

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da Rio 2016