Jogos Olímpicos Rio 2016 – Badminton: Espanhola quebra hegemonia asiática no badminton

Espanhola Carolina é a primeira atleta de um país não-asiático campeão Olímpica de badminton (Foto: Getty Images/Clive Brunskill)
Espanhola Carolina é a primeira atleta de um país não-asiático campeão Olímpica de badminton (Foto: Getty Images/Clive Brunskill)

 

 

 

Nesta sexta (19), pela primeira vez na história dos Jogos Olímpicos, o topo do pódio de uma competição feminina de badminton não foi ocupado por uma atleta asiática. A exceção à regra é a espanhola Carolina Marin, que venceu o torneio de simples dos Jogos Rio 2016 e conquistou o ouro no Pavilhão 4 do Riocentro.

 

 

 

 

Bicampeã mundial, Marin, de 24 anos, garantiu o primeiro ouro da Espanha no badminton ao derrotar a indiana Sindhu Pusarla por 2 sets a 1 (19/21, 21/12 e 21/15). A japonesa Nozomi Okuhara completou o pódio com o bronze.

 

 

 

 
“Meu sonho se tornou realidade. Por trás dessa medalha, há muito trabalho duro. Pensava na medalha em cada treinamento, lutei muito por ela e hoje me sonho se realizou”, comentou a espanhola.

 

 

 

 

 
Na outra final do dia, a das duplas masculinas, o ouro ficou com os chineses Nan Zhang e Haifeng Fu, que derrotaram malásios Shem Goh e Wee Kiong Tan por 2 a 1 (16/21, 21/11 e 23/21). O bronze ficou com os britânicos Marcus Ellis e Chris Langridge.

 

 

 

 

 
O calendário do badminton nos Jogos Rio 2016 chega ao fim neste sábado (20), com a final masculina individual, entre o chinês Long Chen e o malásio Chong Wei Lee. Bicampeão Olímpico, o chinês Lin Dan disputará o bronze com o dinamarquês Viktor Axelsen.

 

 

 

 

 

Da Redação com informações provenientes do Rio 2016