Grande Prêmio dos EUA de Fórmula 1 – 2019: Hamilton chega em segundo e garante sexto título na carreira

Hamilton chega em segundo e garante sexto título na carreira
Hamilton chega em segundo e garante sexto título na carreira – Imagem: Divulgação/FIA

 

Com um segundo lugar no Grande Prêmio dos EUA, em Austin, o britânico Lewis Hamilton conquistou neste domingo (3) seu sexto título na Fórmula 1, se aproximando de um recorde que até então parecia inalcançável: o heptacampeonato de Michael Schumacher.

 

 

 

O piloto da Mercedes largara em quinto lugar, mas ganhou as posições de Charles Leclerc e Sebastian Vettel, da Ferrari, logo na primeira volta. Depois, com uma estratégia de somente uma parada nos boxes, passou à frente de Max Verstappen (Red Bull) e Valtteri Bottas (Mercedes).

 

 

 

O finlandês, com pneus mais novos, ainda conseguiria recuperar a liderança no fim da prova, mas o segundo lugar era mais do que o suficiente para garantir o título a Hamilton. Verstappen, em terceiro, completou o pódio.

 

 

 

O resultado levou o britânico a 381 pontos na temporada. Mesmo faltando ainda duas corridas para o fim do campeonato, ele não pode mais ser alcançado por Bottas, que tem 314. Em 19 corridas, Hamilton venceu 10 e chegou no pódio em 16. Bottas, o único que poderia ultrapassá-lo, tem somente quatro triunfos.

 

 

“Foi uma corrida muito dura, Bottas fez um grande trabalho. Dei o máximo que eu podia e estou muito emocionado”, celebrou o hexacampeão.

 

 

Trajetória

 

 

O britânico estreou na F1 como garoto prodígio da McLaren em 2007 e foi vice-campeão logo em sua primeira temporada, superando seu companheiro Fernando Alonso. Mas o primeiro título não demoraria a chegar.

 

 

No ano seguinte, Hamilton conquistou o campeonato graças a uma ultrapassagem na última volta sobre Timo Glock, que tirou o título das mãos de Felipe Massa. Após isso, o britânico teve algumas temporadas difíceis, até dar início à hegemonia da Mercedes, em 2014. Desde então, Hamilton já conquistou cinco títulos em seis anos.

 

 

A única exceção foi em 2016, quando o alemão Nico Rosberg conseguiu romper o domínio de seu então companheiro de equipe.

 

 

Aos 34 anos de idade, Hamilton deve ter ainda algumas temporadas para igualar – ou até superar – Schumacher e se tornar o maior vencedor da história da F1

 

 

GP da FIA de Fórmula 1 dos EUA – Corrida
1 Valtteri Bottas Mercedes 56 1: 33’55.653 
2 Lewis Hamilton Mercedes 56 1: 33’59.801 4.148
3 Max Verstappen Red Bull / Honda 56 1: 34’00.655 5.002
4 Charles Leclerc Ferrari 56 1: 34’47.892 52.239
5 Alexander Albon Red Bull / Honda 56 1: 35’13.691 1’18.038
6 Daniel Ricciardo Renault 56 1: 35’26.019 1’30.366
7 Lando Norris McLaren / Renault 56 1: 35’26.417 1’30.764
8 Carlos Sainz Jr. McLaren / Renault 55 1: 34’04.201 1 Volta
9 Nico Hülkenberg Renault 55 1: 34’08.115 1 Volta
10 Sergio Pérez Racing Point / Mercedes 55 1: 34’14.355 1 Volta
11 Kimi Räikkönen Alfa Romeo / Ferrari 55 1: 34’15.280 1 volta
12 Daniil Kvyat Toro Rosso / Honda 55 1:34 ‘17.420 1 volta
13 Lance Stroll Racing Point / Mercedes 55 1: 34’37.575 1 volta
14 A.Giovinazzi Alfa Romeo / Ferrari 55 1: 34’49.443 1 volta
15 Romain Grosjean Haas / Ferrari 55 1: 35’06.885 1 volta
16 Pierre Gasly Toro Rosso / Honda 54 1: 33’11.079 
17 George Russell Williams / Mercedes 54 1: 34’18.137 2 voltas
18 Kevin Magnussen Haas / Ferrari 52 1: 29’53.921 Freios
     Robert Kubica Williams / Mercedes 31 54’56.089 
     Sebastian Vettel Ferrari 7 12 ‘ 03.130 

 

 

Da Redação com informações provenientes da ANSA e FIA