Futebol – Caso Neymar/Najila Trindade: Polícia de Paulista encerra inquérito sem indiciar Neymar por estupro

Polícia de Paulista encerra inquérito sem indiciar Neymar por estupro – Foto: Reprodução twitter @neymarjr

 

A delegada Juliana Lopes Bussacos, titular da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, em São Paulo, encerrou nesta tarde (29) o inquérito que apura as denúncias de supostos estupro e agressão feita pela modelo Najila de Souza contra Neymar, e decidiu não indiciar o jogador pelo crime.

 

 

A decisão foi tomada após a Justiça ter aprovado a prorrogação do inquérito por até 30 dias. Na ocasião, o Ministério Público havia pedido uma cópia do inquérito de extorsão, da investigação sobre o suposto furto ocorrido no apartamento da modelo, além do inquérito sobre a divulgação de fotos íntimas dela, informou o portal “G1”.

 

 

 

Ainda de acordo com a publicação, Bussacos, por sua vez, pediu acesso às imagens das câmeras de segurança do hotel em Paris e ao prontuário médico do ginecologista que teria atendido Najila depois do suposto crime. No entanto, as gravações e o documento não foram entregues. Com a conclusão do inquérito, o Ministério Público terá um prazo legal de até 15 dias para se manifestar. O estupro teria acontecido no dia 15 de maio deste ano, durante um encontro com o jogador em um quarto de hotel em Paris, na França

 

 

Da Redação com informações ANSA