Copa Libertadores da América 2019: Cruzeiro briga por primeiro lugar geral contra o Emelec na Libertadores 2019.

Cruzeiro x Emelec – Imagem Departamento de Artes do Portal Bragança

 

 

 

Único time 100% na Libertadores, o Cruzeiro entra em campo, nesta quarta-feira (8), para confirmar o primeiro lugar geral. No Mineirão, a Raposa recebe o Emelec-EQU, às 19h15 (de Brasília), pela última rodada do Grupo B. Uma vitória contra os equatorianos dá aos mineiros a vantagem de decidir em casa todos os jogos de mata-mata até a semifinal.

 

 

Além das cinco vitórias em cinco partidas, o Cruzeiro também é dono de uma defesa que ainda não sofreu gols na competição. Caso mantenha o aproveitamento e permaneça intransponível, os mineiros conseguirão um feito inédito na Libertadores.

 

 

 

— Com certeza é uma marca importante, entrar para a história da Libertadores. Essa é uma característica principal do time do Mano, tomamos poucos gols. É um jogo importante, ainda mais com a vantagem nas próximas fases, qualquer mínima vantagem é importante, a nossa é decidir diante do torcedor. Claro que o mais importante é conquistar os três pontos, mas se for com a defesa ilesa também, será muito bom — comentou o zagueiro Fabrício Bruno, garantido pelo técnico Mano Menezes entre os titulares do jogo desta noite.

 

 

 

Do outro lado, os equatorianos ocupam a vice-liderança do grupo, com seis pontos, e estão na luta por uma vaga nas oitavas de final. Em terceiro lugar, o Deportivo Lara-VEN, tem um ponto a menos e encara o Huracán-ARG também nesta quarta-feira, às 19h15.

 

 

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO X EMELEC

 

 

Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data: 08 de maio de 2019, quarta-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Andres Rojas (COL)
Assistentes:

 

 

Possíveis Times:

CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Fabrício Bruno, Léo e Egídio (Dodô); Henrique e Lucas Romero; Robinho, Rodriguinho e David (Rafinha); Sassá.
Técnico: Mano Menezes

EMELEC: Dreer; Caicedo, Veja, Jaime e Estacio; Godoy, Queiróz e López; Brayan Ângulo, Guerrero e Cabezas
Técnico: Mariano Soso

 

 

Da Redação com informações provenientes da CBF