Copa Libertadores 2017: Santos vence o Atlético Paranaense e agora encara o Barcelona do Equador nas quartas de final da Libertadores.

Confira os Grupos da Libertadores 2016
Santos vence o Atlético Paranaense e agora encara o Barcelona do Equador nas quartas de final da Libertadores.

 

O Santos confirmou a classificação para as quartas de final da Copa Libertadores na noite desta quinta-feira (10) ao vencer o Atlético Paranaense por 1 a 0 na Vila Belmiro e fez a festa dos mais de 12 mil torcedores alvinegros.

 

 

 

Na partida de ida, realizada na Arena da Baixada, em Curitiba, o Santos ganhou por 3 a 2 e podia perder até por 2 a 1, mas acabou se classificando com outro resultado positivo através do gol de Bruno Henrique. Agora, o time paulista vai enfrentar o Barcelona-EQU nas quartas de final. Os equatorianos eliminaram o Palmeiras.

 

 

 

 

Como precisava de uma vitória por mais de um gol de diferença, o Atlético Paranaense começou a partida esboçando uma pressão, mas era o Santos quem criava as principais oportunidades. De fora da área, Bruno Henrique assustou o goleiro Weverton com um chute por cima. A resposta paranaense veio em uma sequência aos 25 minutos.

 

 

 

 

Paulo André e Fabrício pararam nas defesas de Vanderlei, que voltaria a salvar o Santos em chute cruzado de Guilherme. Aos 37 minutos, Jonathan fez boa jogada individual e chutou em cima do goleiro santista. No rebote, Sidcley bateu e a bola explodiu em Lucas Veríssimo, que estava em cima da linha.

 

 

 

 

No segundo tempo, o Atlético chegou a levar perigo no início, mas aos poucos o Santos equilibrou a partida. Lucas Veríssimo quase abriu o placar em finalização colocada. Depois foi a vez de Jean Mota assustar Weverton em chute forte de fora da área.

 

 

 

Os paranaenses se lançaram ao ataque e criaram boas chances. Aos 26 minutos, Sidcley arriscou de fora da área e Vanderlei fez mais uma grande defesa. Na sequência, Jonathan recebeu cruzamento de Nikão e bateu de primeira na trave. O goleiro santista voltaria a trabalhar em mais uma finalização de Sidcley após Ederson não aproveitar passe.

 

 

 

Mas o Santos garantiu a classificação em um contra-ataque aos 32 minutos. Lucas Lima desceu em velocidade e passou para Ricardo Oliveira, que cruzou rasteiro para Bruno Henrique bater no contra pé de Weverton.

 

 

 

Na sequência, Lucas Lima quase ampliou com um chute colocado. Lucho Gonzalez ainda perdeu a chance de empatar ao bater por cima dentro da pequena área.

 

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da FPF