Copa do Mundo: Suíça investiga Franz Beckenbauer por fraude e lavagem de dinheiro

Suíça investiga Franz Beckenbauer por fraude e lavagem de dinheiro
Suíça investiga Franz Beckenbauer por fraude e lavagem de dinheiro

 

O Ministério Público da Suíça abriu uma investigação contra o ex-jogador alemão Franz Beckenbauer por lavagem de dinheiro e fraude, informou o jornal “Der Spiegel” nesta quinta-feira (1).

 

 

 

De acordo com a publicação, os investigadores analisaram uma série de fluxos de caixa suspeitos, em transações estimadas em 10 milhões de francos suíços, iniciadas em 2002 e concluídas em 2005 – antes, portanto, da escolha da Alemanha para ser sede da Copa do Mundo de 2006. Ainda conforme o jornal, outras pessoas foram indiciadas pelo mesmo crime.

 

 

 

 

Essa é a segunda vez que o ex-zagueiro é investigado pelo problema. Em março deste ano, o Comitê de Ética da Fifa abriu um inquérito formal sobre a eleição que deu aos alemães o direito de sediar o Mundial. Entre os investigados pela entidade, está o nome de Beckenbauer.

 

 

 

 
A disputa para ser sede daquele Mundial foi extremamente disputada, sendo que a candidatura alemã venceu a África do Sul por apenas um voto (12 a 11).

 

 

 

 

No ano passado, Beckenbauer foi multado por não cooperar com as investigações sobre corrupção e venda de votos nas escolhas para as sedes de 2018 (Rússia) e 2022 (Catar).

 

 

 

 
Da Redação com informações provenientes da Ansa