Ao vivo: Brasil x Bélgica acompanhe em tempo real o jogo em busca de uma vaga na semifinal da Copa do Mundo da Rússia 2018 pelas Quartas de Final

Brasil x Bélgica - Acompanhe Ao Vivo
Brasil x Bélgica – Acompanhe Ao Vivo


Acompanhe aqui o jogo Brasil x Bélgica em tempo real
Atualizando…

Ouça o jogo aqui o jogo pela Rádio Nacional

Se ganhar da Bélgica nesta sexta-feira (6), na Arena Kazan, na partida que começa às 15h, a seleção brasileira chegará, ao menos, entre os quatro primeiros colocados da Copa do Mundo. Seria a 12ª vez na história dos 21 Mundiais. A boa notícia é que, em sete oportunidades, a equipe chegou à final para conquistar os cinco títulos. Só que o rival, a Bélgica, será adversário difícil – soma quatro vitórias na Copa e tem o melhor ataque da competição com 12 gols. Além disso, tem um time de estrelas do futebol europeu. A Bélgica não chega a uma semifinal desde 1986, quando ficou em quarto lugar.

Se ganhar da Bélgica nesta sexta-feira (6), na Arena Kazan, na partida que começa às 15h, a seleção brasileira chegará, ao menos, entre os quatro primeiros colocados da Copa do Mundo. Seria a 12ª vez na história dos 21 Mundiais. A boa notícia é que, em sete oportunidades, a equipe chegou à final para conquistar os cinco títulos. Só que o rival, a Bélgica, será adversário difícil – soma quatro vitórias na Copa e tem o melhor ataque da competição com 12 gols. Além disso, tem um time de estrelas do futebol europeu. A Bélgica não chega a uma semifinal desde 1986, quando ficou em quarto lugar.

O melhor ataque da competição passou com tranquilidade pela primeira fase com três vitórias. Na estreia, diante da Tunísia, ganhou por 3 a 0. No segundo jogo, com time repleto de reservas, goleou o Panamá por 5 a 2 e garantiu a classificação em primeiro do grupo ao vencer a Inglaterra por 1 a 0. Nas oitavas, passou a maior dificuldade de forma surpreendente. No segundo tempo contra o Japão, viu os orientais abrirem 2 a 0. Apesar da pressão, conseguiu virar para 3 a 2 no último minutos dos acréscimos. Os meias De Bruyne, Harzard, Mertens e Fellaini foram os responsáveis pela mudança da partida. No Mundial, o atacante Lukaku (com quatro gols) é a referência na área. Contra o Japão, foi o meia Chadli que saiu do banco para garantir a vitória emocionante. O rendimento fez com que ele garantisse um lugar na equipe contra o Brasil.

Pelo lado do Brasil, que deve ter o adversário mais complicado até agora na Copa do Mundo, a novidade é a volta do lateral esquerdo Marcelo, já recuperado de contusão. Ele se machucou no início do jogo contra a Sérvia. No mais, o técnico Tite deve manter a base da equipe que tem a invencibilidade na competição: empate contra a Suíça seguido de três placares idênticos (2 a 0) contra Costa Rica, Sérvia e México. Se não tem o melhor ataque, a seleção dividia até, o início das quartas de final, a melhor defesa da Copa, ao lado do Uruguai. Sofreu apenas um gol.

Polêmico entre seleções completou 16 anos

A única partida em copas do Mundo entre Brasil e Bélgica ocorreu no dia 17 de junho de 2002, em Kobe (Japão), em um Mundial de boas lembranças para a seleção Canarinha. Foi o ano do penta. O jogo, válido pelas oitavas, terminou em 2 a 0 com os gols no segundo tempo, um de Rivaldo (aos 22 minutos) e outro de Ronaldo (aos 42). Só que, ainda quando o jogo estava 0 a 0 (aos 35 minutos do primeiro tempo), Wilmots ganhou na cabeça um cruzamento e fez o gol, mas o juiz jamaicano Marc Prendergast marcou uma falta do belga sobre o zagueiro Roque Junior, do Brasil. O lance é bastante polêmico mesmo 16 anos depois daquele jogo.

Fonte: Luiz Cláudio Ferreira da Agência Brasil