Copa do Brasil: Palmeiras recebe o desfalcado ASA de Arapiraca e quer a vitória para não entrar em crise.

Palmeiras x ASA
Palmeiras x ASA

 

 

 

Pela terceira fase da Copa do Brasil, o Palmeiras receberá o ASA (AL), no Allianz Parque, nesta quarta-feira (27). Há 13 anos, nesta mesma competição, o time alagoano surpreendeu o alviverde e eliminou a equipe na época treinada por Vanderlei Luxemburgo e que contava com os ídolos Marcos, Galeano, Arce, Magrão e Alex. Querendo esquecer este passado, o time paulista espera conquistar a vitória para chegar mais motivado para o clássico contra o Corinthians no domingo (31), porém, os visitantes novamente querem surpreender.

 

 

 

Sobre o atual momento do clube, o atacante Kelvin alegou a existência da pressão por conta dos últimos resultados no Campeonato Brasileiro e destacou que o clube irá se recuperar. “Tem uma pressão grande. Todos querem resultado. Não só torcedor, nós também. É trabalho, não tem mais o que falar, o que colocar no lugar. Temos de trabalhar para sair da pressão e voltar ao normal. Fizemos um grande Paulista, com vitórias em clássicos, este ano o Palmeiras está diferente. Vão ser fases, e esta é uma de pressão”, declarou.

 

 

 

Além do compromisso desta quarta-feira, o alviverde terá o dérbi paulista no domingo, no entanto, o camisa 29 afirmou que o foco principal é na partida do mata-mata. “Será uma semana decisiva. Estamos com a cabeça agora na Copa do Brasil, no ASA-AL, temos de fazer o resultado em casa. Deixamos o clássico para depois deste jogo. Vamos trabalhar hoje e amanhã pensando na Copa do Brasil”, acrescentou.

 

 

 

 

Após empate em casa contra o Botafogo, da Paraíba, pela Série C, o técnico Vica cobrou a melhora na questão dos passes e crê na dificuldade de enfrentar o Palmeiras, mas espera por um bom jogo. “Nós temos que continuar o trabalho sempre para melhorar, principalmente a questão do passe. Temos que ter muito cuidado e caprichar muito nos jogos. Não podemos nos desfazer da bola, temos que fazer o passe. Agora vamos pensar no Palmeiras. Sabemos que é difícil, mas vamos com o objetivo de fazer um bom jogo lá”, disse.

 

 

 

Com as lesões do lateral esquerdo Rayro e do meia Didira, o comandante alegou que ambos provavelmente não atuarão neste meio de semana e para suas vagas, Fábio Alves e Luiz Paulo ficam como opções para os setores, respectivamente. “Com a experiência no futebol acredito que o jogador que saiu por lesão não tenha condições de jogar. No futebol eu não vejo curar em dois dias. Vou ouvir o departamento médico, mas imagino que esses jogadores dificilmente vão para São Paulo”, finalizou.

 

 

 

Ficha Técnica

 

 

Palmeiras: Fernando Prass; Lucas, Victor Ramos, Vitor Hugo e Egídio; Amaral, Gabriel, Robinho e Zé Roberto; Kelvin e Cristaldo.
Técnico: Oswaldo de Oliveira.

 

 

 

ASA-AL: Pedro; Gabriel, Lucas Bahia, André Nunes e Fábio Alves; Marco Antonio, Jorginho, Alex e Luiz Paulo; Uéderson e Valdanes.
Técnico: Vica.

 

 

 

Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR);
Assistentes: Luciano Roggenbaum (PR) e Diego Grubba Schitkoski (PR);
Quarto árbitro: Leandro Bizzio Marinho;
Local: Allianz Parque, em São Paulo;
Data: Quarta-feira, 27, às 22h.

 

 

 
Da Redação com informações provenientes da Agência Câmara Notícias