Copa do Brasil 2019 – Quarta Fase: Corinthians duela com a Chapecoense na Arena Condá pela Copa do Brasil.

Chapecoense x Corinthians – Imagem Departamento de Artes do Portal Bragança

 

Pela quarta fase da Copa do Brasil, o Corinthians viaja até Chapecó para encarar a Chapecoense nesta quarta-feira (17), às 21h30. Titular na primeira final do Paulistão Sicredi, o meia Jadson falou sobre a importância de iniciar uma partida desde o começa e espera voltar a marcar gols para ajudar os corintianos a avançarem no torneio.

 

Jadson iniciou a primeira partida da final do Paulistão Sicredi no último domingo (14) diante do São Paulo. “Estava com saudade de jogar. Estou feliz pela confiança do Carille. Vou continuar trabalhando para conquistar meu espaço novamente, mais confiança do Carille dos torcedores. E quem sabe fazer gol de falta”, disse o meia,

 

 

De olho na final do Estadual, Carille deve optar por uma equipe mista diante da Chapecoense. “O Carille não comentou nada. Estou na expectativa. Quem não quer jogar? Todo mundo quer jogar. Mas a decisão é do treinador. Vamos esperar o que ele vai decidir”, revelou o jogador.

 

 

 

Força alviverde

 

A Chapecoense também está na final do torneio local. Apesar de dividir a atenção com o Campeonato Catarinense, o técnico Ney Franco quer fazer o fator casa. “Sempre vamos entrar com força máxima. Temos possibilidade de fazer um duelo forte contra o Corinthians. Não podemos abrir mão desse jogo em função de uma final. O que vai definir nossa equipe é o aspecto físico e os jogadores que vão estar recuperados”, explicou o treinador.

 

 

Ficha técnica:
Chapecoense x Corinthians;
Horário: 21h30;
Local: Arena Condá, em Chapecó;

 

 

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ);
Árbitro Assistente 1: Luiz Claudio Regazone (RJ);
Árbitro Assistente 2: Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ);
Quarto Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC);

 

 

Chapecoense: Tiepo; Eduardo, Gum, Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Elicarlos e Gustavo Campanharo; Rildo (Régis), Aylon e Everaldo. Técnico: Ney Franco.

 

 

Corinthians: Walter, Michel Macedo, Marllon, Henrique e Carlos Augusto; Ralf (Ramiro ou Thiaguinho), Richard, Pedrinho, Sornoza e Vagner Love; Boselli. Técnico: Fábio Carille.

 

 

Da Redação com informações provenientes da FPF