Copa do Brasil 2019 – Oitavas de Final: Fortaleza e Athletico Paranaense empatam na partida de ida das Oitavas de Final da Copa do Brasil.

Em jogo de poucas chances no Castelão, Leão e Furacão não saem do zero no primeiro encontro entre os times. Decisão da vaga fica para a Arena da Baixada – Foto: Divulgação/Fortaleza

 

 

Tudo igual na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil entre Fortaleza e Athletico-PR. As equipes mediram forças na noite desta quinta-feira (16), fizeram duelo de muita marcação e terminaram empatadas em 0 a 0, no Castelão. Tricolores e rubro-negros voltam a se enfrentar no dia 5 de junho, na Arena da Baixada, para ver quem avança às quartas de final da Copa do Brasil 2019.

 

 

Leão e Furacão disputaram primeiro tempo morno no Castelão. Exercendo forte marcação, a equipe paranaense teve as melhores – mesmo que tímidas – chances da etapa. A primeira veio aos 18 minutos, quando Marco Ruben acertou belo voleio, parando no goleiro Marcelo Boeck. A outra foi na marca dos 38: Rony arriscou de longe, a bola mudou a trajetória e passou perto do travessão. Mas ao fim dos 45 minutos iniciais, nada de bola na rede.

 

 

 

O Fortaleza voltou melhor do intervalo, e passou a ameaçar mais o Athletico. Mantendo ligeira maior posse de bola, o time do técnico Rogério Ceni assustou o Rubro-Negro aos 15 minutos, quando Marlon chegou com perigo ao receber cruzamento de Bruno Melo. Apreensivo com o tempo passando, o torcedor tricolor clamava por uma bola na rede. Quase teve aos 38, mas Leo Pereira cortou de cabeça a bola que veio de falta cobrada por Bruno Guimarães. Nos minutos derradeiros, o Tricolor tentou pressionar, chegou a rondar a área adversária, mas o Furacão soube se segurar e levar para o seu estádio a decisão da vaga às quartas de final.

 

 

 

COPA DO BRASIL

Fortaleza x Athlético Paranaense – Imagem: Portal Bragança

Oitavas de final – Jogo de ida

Fortaleza 0x0 Athletico

Fortaleza
Marcelo Boeck; Tinga, Roger Carvalho, Quintero e Bruno Melo; Paulo Roberto, Araruna e Marlon; Romarinho (Matheus Alessandro), Marcinho (Júnior Santos) e André Luís (Edinho).
Técnico: Rogério Ceni

Athletico
Santos; Erick, Paulo André, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington; Nikão (Braian Romero), Bruno Guimarães, Lucho González (Léo Cittadini) e Rony; Marco Ruben (Thonny Anderson).
Técnico: Tiago Nunes

Local: Arena Castelão (Fortaleza-CE)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (FIFA-SC)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (FIFA-RJ) e Alessandro Alvaro Rocha De Matos (FIFA-BA)
VAR: Rafael Traci (SC)
Cartões amarelos: Bruno Melo, Marcinho (FOR); Lucho González, Léo Cittadini (CAP)
Renda e público: não divulgados

 

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da CBF