Copa do Brasil 2018 – Final: Jair Ventura admite dificuldades e evita criar vilões em derrota do Corinthians para o Cruzeiro

Jair Ventura: “Decidir em casa, com o apoio da torcida, será importante” - Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians
Jair Ventura admite dificuldades e evita criar vilões em derrota do Corinthians para o Cruzeiro – Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

 

 

O Corinthians buscou de todas as maneiras, mas não conseguiu o título da Copa do Brasil. Na segunda partida da decisão, o time alvinegro recebeu o Cruzeiro nesta quarta-feira (17), na Arena Corinthians, e perdeu pelo placar de 2 a 1, ficando com o vice-campeonato do torneio nacional.

 

 

Após a partida, o técnico Jair Ventura não quer definir vilões pelo revés na decisão e garante que a equipe estava ciente das dificuldades que o adversário proporcionou apesar dos erros dos gols.

 

 

 

 

“A gente sabia da nossa dificuldade, Cruzeiro é um grande adversário, mas fizeram dois gols em erros nossos. A gente não pode achar vilão. O time foi valente desde o primeiro minuto. Essa postura nós tivemos. Jogamos em cima o tempo todo, conseguimos o gol. Acabamos tendo essa derrota, mas quem assistiu viu um jogo bom”, disse o comandante.

 

 

 

 

Jair prosseguiu analisando o confronto e confirma a intenção de se recuperar no Brasileiro. “Fomos para cima, jogamos em cima do Cruzeiro o tempo todo, mas acabamos sofrendo os gols. Foi um jogo bom, Corinthians tentou propor desde o início. E agora, vamos ficar tristes, mas só temos o direito até o próximo jogo, porque temos de dar a volta por cima no Brasileiro, que passa a ser o nosso foco para terminar o mais alto”, continuou.

 

 

O técnico alvinegro surpreendeu na escalação ao iniciar a partida com Emerson Sheik e Jonathas no ataque. Mesmo com a derrota, o técnico elogiou a atuação do veterano atacante e explicou a eficácia do clube mineiro nos dois confrontos.

 

 

 

 

“O Emerson fez uma grande partida. Não gostamos muito do Jonathas, mas gostamos do Emerson. Então se colocar no balanço aí, foram boas. Tem responsabilidade do técnico, mas a gente faz o melhor. A gente agrediu o Cruzeiro, e os gols deles saíram em erros nossos. O Corinthians foi uma equipe cirúrgica e o Cruzeiro foi assim mais uma vez e conseguiu o título”, finaliza Jair Ventura.

 

 

 

Pela recuperação imediata na competição nacional, o Corinthians retorna a campo neste domingo (21), às 16h, contra o Vitória-BA, no Barradão, pela 30ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

 

 

 

 

Da Redação com informações da FPF