Copa do Brasil 2018 – Final: Craque da final, Dedé agradece médico do Cruzeiro: “Troféu é 80% dele”

 

Zagueiro do Cruzeiro destacou trabalho do departamento médico do Cruzeiro em sua recuperação na temporada – Créditos: Vinnicius Silva/Cruzeiro

 

 

Foram poucos os lances defensivos que não tiveram a marca de Dedé na noite desta quarta-feira. O zagueiro do Cruzeiro esteve onipresente durante a final da Copa do Brasil, contra o Corinthians, e se consolidou como um dos principais jogadores do time na conquista do título. Não à toa, foi eleito pelos espectadores como o grande craque da final na vitória por 2 a 1.

 

 

No fim de uma temporada que marca a sua recuperação física, Dedé desabafou após o bicampeonato do Cruzeiro. De medalha no peito e com o prêmio de Craque do Jogo em mãos, o zagueiro parabenizou o trabalho do médico Sérgio Campolina, do Cruzeiro.

 

 

 

 

– Foi difícil – disse, antes de encontrar o médico no meio da festa – Esse aqui é um anjo que papai do céu colocou na minha vida. Um cara que se dedica diariamente por mim. Eu peço para ele coisas para minha família, ele sai lá do outro bairro para vir me ajudar. Obrigado, eu só tenho a te agradecer, você é um fenômeno – afirmou.

 

 

 

 

Apesar da premiação individual, Dedé fez questão de dividir a glória com o profissional que tanto o ajudou nessa temporada. No começo do ano, o zagueiro venceu um período de 272 dias sem entrar em campo, para se firmar como um dos grandes jogadores do futebol brasileiro.

 

 

 

– Esse troféu é 80% dele. Se não fosse ele eu não estaria aqui – concluiu.

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da CBF