Copa do Brasil 2018 – 3ª Fase: Confira o que aconteceu na rodada da Copa do Brasil nesta quinta-feira – 15/03/2018.

 

Copa do Brasil

Mais dois times estão garantidos na quarta fase da Copa do Brasil 2018. Nesta quinta-feira (15), Vitória e Ponte Preta avançaram na competição ao eliminarem Bragantino e Sampaio Corrêa-MA, respectivamente.

 

 

 

 

Dando sequência aos jogos, o Vila Nova-GO e Ferroviário-CE se enfrentaram no Serra Dourada, e o Ferrão levou a melhor: 1 a 0. Como os dois empataram em 1 a 1 no primeiro confronto, o resultado de hoje garantiu o time cearense na próxima fase

 

 

 

 

Avaí e Atlético-PR também estão na quarta fase da Copa do Brasil. Fechando os jogos da noite desta quinta-feira (15), os times avançaram na competição eliminando, respectivamente, Fluminense e Ceará.

 

 

 

 

Após a derrota por 1 a 0 no jogo de ida com o Bragantino, o Vitória entrou em campo precisando reverter o saldo de gols. Buscando o campo de ataque a todo instante, o Leão abriu o placar no Barradão aos 20 minutos do primeiro tempo. Em cobrança de falta para o time visitante, Neilton aproveitou que Guilherme Mattis rolou a bola para trás, driblou o goleiro e tocou para o gol. O Massa Bruta quase empatou aos 32, quando Léo Jaime cruzou na área, a bola desviou na zaga rubro-negra e Fernando Miguel fez ótima defesa. Os dois times seguiram buscando o gol no segundo tempo, e o Vitória conseguiu ampliar o placar aos 18 minutos. Após bola cruzada na área, Neilton, que estava caído, levantou-se para fazer o segundo. Depois, aos 27, Guilherme Mattis foi cortar o cruzamento na área do Massa Bruta, mas acabou chutando em cima de Neilton e viu a bola entrar: 3 a 0. Com o resultado, o Vitória avançou para a próxima fase da competição.

 

 

 

 

No Castelão, em São Luís, Sampaio Corrêa e Ponte Preta repetiram o 0 a 0 do primeiro jogo e acabaram decidindo a vaga nos pênaltis. Em um jogo sem muita pressão dos dois lados, o Sampaio teve as melhores chances, como nos chutes de Fernando Sobral e Alyson. Na melhor oportunidade para a Macaca, Silvinho chutou em cima da defesa adversária. Na decisão nos pênaltis, Marciel, Silvinho, Nathan e Yuri converteram para a Ponte, e o goleiro Ivan defendeu a cobrança de Fernando Sobral: 5 a 3 e classificação garantida da Macaca.

 

 

 

 

Jogando em casa, com o apoio de sua torcida, o Vila Nova foi mais ofensivo no primeiro tempo, mas viu o Ferroviário abrir o placar aos 21 minutos. O Vila saiu com tudo assim que a bola rolou e levou perigo logo nos primeiros segundos. Ramon recebeu livre na área, mas acabou batendo por cima do gol. Depois aos 11, Reis cabeceou após cruzamento, mas Léo fez a defesa. O time visitante acabou saindo na frente em cobrança de falta. Janeudo cobrou perto da área do Vila, a bola desviou na barreira e enganou o goleiro Mateus Pasinato: 1 a 0.

 

 

 

 

Na volta do intervalo, o time goiano seguiu criando as melhores chances e precisando do gol para, pelo menos, levar a decisão para os pênaltis. No entanto, a defesa do Ferrão se impôs e não deixou a equipe da casa avançar. Na melhor chance do Vila, Vinícius Leite, em jogada individual, chutou com perigo rente à trave do Ferroviário. Aos 45, o atacante teve outra boa oportunidade, mas finalizou pela linha de fundo. Apesar da pressão no Serra Dourada, o Ferrão administrou bem o placar até o apito final e garantiu a classificação.

 

 

 

Precisando da vitória após a derrota por 2 a 1 no jogo de ida, o Fluminense tomou a iniciativa do jogo na Ressacada. No entanto, encontrou um Avaí bem firme na defesa, investindo nas jogadas aéreas e pelas laterais. No segundo tempo, o Leão passou a ser ofensivo e conseguiu o gol aos 32 minutos. Após cobrança de lateral pela esquerda, João Paulo cruzou, e Lourenço cabeceou para o gol: 1 a 0. Na sequência, o Flu quase empatou com Gilberto, que bateu colocado, mas viu Aranha fazer ótima defesa. Antes do apito final, o Avaí quase marcou o segundo com Romulo, que acertou a trave de Júlio César.

 

 

 

 

Após 0 a 0 no jogo de ida, Ceará e Atlético-PR voltaram a empatar no Castelão, dessa vez em 1 a 1. Os times fizeram um jogo movimentado e buscaram a classificação a todo instante. O primeiro gol foi do Furacão, aos 13 minutos da etapa inicial. Após cruzamento na área, Guilherme pegou de voleio e abriu o placar. O empate do Vozão veio aos 33, com Felipe Azevedo, que marcou após Arthur Cabral escorar de cabeça. O segundo tempo foi movimentado até o apito final, com boas chances para os dois lados. No entanto, a decisão acabou indo para os pênaltis. Nas cobranças, o Ceará perdeu dois chutes, enquanto o Atlético converteu seis – Guilherme, Lucho González, Paulo André, Zé Ivaldo, Ribamar e Pavez converteram: 6 a 5.

 

 

 

 

A definição dos confrontos e mandos de campo da quarta fase da Copa do Brasil será na próxima segunda-feira (19). O sorteio será na sede da CBF, no Rio de Janeiro, às 11h.

 

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da CBF