Copa do Brasil 2016: Palmeiras perde para Grêmio por 2 a 1 mas confia em classificação

Palmeiras perde para Grêmio por 2 a 1 mas confia em classificação - Foto: Lucas Uebel/Grêmio
Palmeiras perde para Grêmio por 2 a 1 mas confia em classificação – Foto: Lucas Uebel/Grêmio

 

O Palmeiras acabou sendo derrotado para o Grêmio pelo placar de 2 a 1 na noite desta quarta-feira, na Arena Grêmio, pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Apesar do resultado, o time paulista saiu de campo confiante pelo gol marcado fora de casa.

 

 

 

No jogo de volta, marcado para o dia 19 de outubro, às 21h45, no Allianz Parque, o Palmeiras precisa de uma vitória simples por 1 a 0 para avançar, enquanto o Grêmio tem a vantagem de jogar pelo empate. O clube gaúcho está invicto com Renato Gaúcho no comando. Foram três jogos e três triunfos.

 

 

 

Palmeiras e Grêmio fizeram um primeiro tempo pegado em Porto Alegre. O time visitante começou melhor, mas deixou a equipe gaúcha gostar do jogo e acabou sofrendo o gol aos 32 minutos. Ramiro pegou da intermediária e acertou o ângulo de Jaílson.

 

 

 

O gol inflamou o Grêmio, que foi para o abafa em cima do Palmeiras. Aos 44 minutos, após cobrança de Luan, Geromel apareceu livre grande área e mandou, meio que de ombro, no travessão. Pedro Rocha ficou com a sobra e só teve o trabalho de cabecear para o fundo das redes, ampliando o marcador.

 

 

 

O Grêmio voltou mais atento no segundo tempo e desperdiçou logo de cara a chance do terceiro gol. Walace, recebeu de Pedro Rocha e chutou na zaga palmeirense. A bola sobrou para o próprio volante, que mandou na trave. A resposta do Palmeiras veio aos cinco minutos. Leandro Pereira fez o pivô e deixou Gabriel Jesus de frente para Marcelo Grorhe, que acabou cometendo pênalti. Na cobrança, Zé Roberto diminuiu.

 

 

 

Mesmo após ter sofrido o gol, o Grêmio seguiu em cima do Palmeiras e poderia ter tido uma melhor sorte. Aos 25 minutos, Pedro Rocha tabelou com Edílson e rolou para Luan. O atacante recebeu livre no lado direito da área adversária, mas tirou muito de Jailson e acabou mandando a bola rente à trave.

 

 

 

O Palmeiras cresceu nos minutos finais, com as entradas de Barrios e Rafael Marques e chegou a pressionar o Grêmio. O paraguaio teve uma bela oportunidade pelo lado direito, mas parou na defesa de Marcelo Grohe.

 

 

 
Da Redação com informações da FPF