Copa América do Chile 2015: Dunga diz que Brasil jogou debilitado por causa de virose que contaminou 15 jogadores

Dunga
Dunga

 

 

 

O técnico da Seleção Brasileira, Dunga, afirmou na noite deste sábado que o elenco entrou em campo para enfrentar o Paraguai, pelas quartas de final da Copa América 2015, sem as condições físicas ideais. Em Concepción, o time ficou no empate por 1 a 1 no tempo normal e acabou derrotado por 4 a 3 na decisão por pênaltis.

 

 
“Não quero que pareça desculpa, mas 15 jogadores pegaram uma virose nos últimos dias. Tivemos que limitar bem os treinamentos. Dor de cabeça, febre, alguns com vômito. Era uma partida em que precisávamos de velocidade, mas não tivemos”, afirmou o treinador, ao justificar a apatia com que a equipe conduziu a partida, principalmente no segundo tempo.

 

 

 

O Brasil abriu o placar com Robinho, no primeiro tempo, mas viu Thiago Silva fazer pênalti infantil na etapa final, lance que gerou o gol de empate. Nos pênaltis, Éverton Ribeiro e Douglas Costa chutaram para fora em suas tentativas.

 

 

 

 

“Sabíamos que um erro seria fatal, e o cometemos. Não vi a jogada do pênalti. Teria que ver pela televisão. A decisão por pênaltis? É uma situação complicada para todos os jogadores”, disse Dunga.

 

 

 

 

O treinador ainda negou que a ausência de Neymar, suspenso pela expulsão contra a Colômbia, na segunda rodada da primeira fase da Copa América, tenha sido um dos fatores primordiais para a eliminação brasileira ainda nas quartas. Como o Brasil não avançou à semifinal, ainda não poderá contar com o atacante do Barcelona nas duas primeiras rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

 

 

 

 

“Historicamente, a Copa América sempre foi complicada para o Brasil. Mas, quando se perde, sempre se diz que faltou algum jogador. O Neymar é importante para o Barcelona e para a Seleção, mas temos jogadores de qualidade. Falta experiência em Copa América e Eliminatórias, por isso esse torneio foi muito importante para nós. Para adquirir experiência antes das Eliminatórias”, afirmou o técnico.

 

 

 

Fontes: Da Redação com informações provenientes de Agências de Notícias e do www.ca2015.com