Copa América do Chile 2015: Chile e México empatam em jogo de seis gols pela segunda rodada da Copa América

Chile e México empatam em jogo de seis gols pela segunda rodada da Copa América
Chile e México empatam em jogo de seis gols pela segunda rodada da Copa América

 

 

 

Seleção comandada por Sampaoli apenas empata com o time de Miguel Herrera na segunda rodada do Grupo A da Copa América.

 

 

A noite de Copa América foi emocionante. Depois do excelente jogo entre Bolívia e Equador, que teve cinco gols, o dia foi fechado com um empate entre Chile e México, por 3 a 3, pela segunda rodada do Grupo A. Os dois times chegaram a ficar em vantagem no placar, mas a igualdade prevaleceu e frustrou os torcedores que compareceram ao estádio Nacional, em Santiago.

 

 

 

 

Com o resultado, o time comandado por Jorge Sampaoli permanece na liderança do Grupo A, com quatro pontos, o mesmo número da vice Bolívia, que venceu o seu compromisso nesta segunda-feira, por 3 a 2. Os mexicanos ocupam a terceira posição com dois pontos obtidos, enquanto os equatorianos são lanternas, com zero.

 

 

 

O JOGO

 

 

 

 

O primeiro tempo do jogo entre Chile e México foi muito movimentado. Jogando em casa, os chilenos tentaram se impor marcando pressão nos minutos iniciais, mas foram surpreendidos com o gol de Vuoso. O empate veio já no lance seguinte, com Vidal.

 

 

 

O time comandado por Miguel Herrera, por sua vez, seguiu bem e fez o segundo em cabeçada de Jiménez. No fim, Vargas empatou com um belíssimo lance no estádio Nacional, em Santiago.

 

 

 

Na volta do intervalo, quem imaginou que as equipes pudessem diminuir o ritmo se enganou. O Chile não demorou a balançar a rede. O meia-atacante Arturo Vidal recebeu ótimo passe de Valdivia e, com categoria, deslocou o goleiro.

 

 

 

Quando tudo caminhava para uma virada heróica do mandante, o México jogou água no chope dos torcedores que assistiram ao confronto. Com dificuldades para trocar passes, a solução foi o lançamento longo. Aldreta buscou Vuoso nas costas da defesa chilena. Bravo demorou a sair do gol e o atacante tocou na saída. Tudo igual novamente em Santiago.

 

 

 

CHILE 3 x 3 MÉXICO

 

 

 

Local :Estádio Nacional, em Santiago (Chile)
Data : 15 de junho de 2015, segunda-feira
Horário : 20h30 (de Brasília)
Árbitro : Victor Carrillo (PER)
Assistentes : Cesar Escano (PER) e Johnny Bossio (PER)
Cartões amarelos : Vidal e Pinilla (Chile); Jesús Corona (México)

 

 

 

GOLS :

CHILE : Vidal, aos 21 minutos do primeiro tempo e aos 9 do segundo tempo; Vargas, aos 41 minutos do primeiro tempo.
MÉXICO : Vuoso, aos 20 minutos do primeiro tempo e aos 20 do segundo tempo; Jimenez, aos 28 minutos do primeiro tempo.

 

 

 

CHILE : Claudio Bravo; Albornoz (Beausejour), Medel e Jara; Isla, Aránguiz, Marcelo Diaz (Mena) e Vidal; Valdívia; Sánchez e Vargas (Pinilla)
Técnico : Jorge Sampaoli

 

 

 

 

MÉXICO : Corona; Ayala, Valenzuela, Dominguez, Aldrete (Salcedo) e Flores; Guemez, Medina e Jesús Corona (Mario Osuña); Vuoso e Jimenez
Técnico : Miguel Herrera

 

 

 

 
Fonte: Da Redação com informações provenientes de Agências Nacionais e Internacionais e do site www.ca2015.com