Copa América 2015 – Chile: Seleção Chilena vence o Equador por 2 a 0 na estreia da Copa América.

Seleção Chilena estreia com vitória em cima do  Equador por 2 a 0
Seleção Chilena estreia com vitória em cima do Equador por 2 a 0

 

 

Apesar de dificuldade tática e até alguns sustos no setor defensivo, o Chile estreou na Copa América 2015 empolgando sua torcida. Na noite desta quinta-feira, no Estádio Nacional Julio Martínez Prádanos, em Santiago, o país anfitrião da competição fez 2 a 0 no Equador e conquistou os três primeiros pontos, com gols de Vargas e Vidal, em confronto válido pelo Grupo A.

 
O Equador volta a campo na segunda-feira, quando enfrenta a Bolívia às 18h (de Brasília), no Estádio Regional Chiledeportes, em Valparaíso. Mais tarde, às 20h30, o Chile encara o México, mais uma vez no Estádio Nacional, em Santiago. Nesta sexta, México e Bolívia completam a primeira rodada do Grupo A, às 20h30, no Estádio Sausalito, em Viña Del Mar.

 

 

 

 

A Seleção Chilena começou a partida com ritmo forte e duas grandes chances de gol: no primeiro lance, uma triangulação terminou com toque para Alexis Sánchez, que invadiu a área e bateu rente à trave direita; depois, aos 3min, o jogador recebeu lançamento pela direita e tentou encobrir o goleiro Domínguez, que fez a defesa. O Equador, por sua vez, só ameaçou aos 17min, em chute de Martínez, de fora da área, espalmado por Bravo.

 

 

 

 

Os chilenos sofreram com a forte marcação equatoriana e tiveram dificuldades para furar o bloqueio, apesar da presença de Valdivia e Vidal na intermediária. A frieza da torcida, algo que os jogadores já haviam alertado previamente, logo se tornou impaciência, com vaias. O cenário se manteve igual no segundo tempo, mesmo com a entrada de Edu Vargas na vaga de Jean Beausejour, para dar mais apoio ao ataque.

 

 

 

 

Enquanto a seleção anfitriã não conseguia o último toque, a assistência para a finalização, o Equador arriscava o contra-ataque. Aos 9min, Montero fez jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para Valencia, que bateu de primeira, com muito perigo. A resposta chilena veio aos 17min, com enfiada de bola de Sánchez para Vargas, que bateu cruzado da direita e obrigou grande defesa de Domínguez.

 

 

 

 

Apenas dois minutos depois, Vidal recebeu pela direita e foi puxado dentro da área por Bolaños. O árbitro marcou pênalti, que foi convertido com chute alto, no canto direito, por Vidal, para alegria dos torcedores chilenos. A vantagem, no entanto, quase foi por água abaixo aos 36min, quando Valencia acertou o travessão ao cabecear bola alçada na área chilena. Ao susto, sucedeu-se a confirmação da vitória.

 

 

 

 

Isso porque Sánchez fez a diferença na frente: recuperou a bola na intermediária equatoriana e passou pela esquerda para Vargas, que invadiu a área e tocou na saída de Domínguez, fechando o placar de 2 a 0.

 

 

 

 

CHILE 2 x 0 EQUADOR

 

 

 

Local : Estádio Nacional Julio Martínez Prádanos, em Santiago-CHI
Data : 11 de junho de 2015, quinta-feira
Horário : 20h30 (de Brasília)
Árbitro : Néstor Pitana-ARG
Assistentes : Hernán Maidana-ARG e Juan Pablo Belatti-ARG
Cartões amarelos :
Jara e Matías Fernández (Chile); Lastra e Fidel Martínez (Equador)
Cartão vermelho :
Matías Fernández (Chile)

 

 

 

GOLS
CHILE : Vidal, aos 21 minutos do segundo tempo, e Eduardo Vargas, aos 38 minutos do segundo tempo

 

 

 

 

CHILE : Bravo; Isla, Medel, Jara e Mena; Marcelo Díaz e Aránguiz (David Pizarro); Vidal, Valdivia (Matías Fernández) e Beausejour (Eduardo Vargas); Alexis Sánchez
Técnico : Jorge Sampaoli

 

 

 

 

EQUADOR : Alexander Domínguez; Juan Carlos Paredes, Achilier, Erazo e Walter Ayoví; Noboa e Lastra (Pedro Quiñónez); Fidel Martínez (Renato Ibarra), Miller Bolaños e Jefferson Montero; Enner Valencia
Técnico : Gustavo Quinteros

 

 

Fonte: Da Redação com informações provenientes do www.ca2015.com