Circuito Mundial de vôlei de praia 2018: Etapa quatro estrelas da Polônia é o próximo desafio do Brasil no vôlei de praia

Thiago ataca contra bloqueio de Saymon na disputa do Country Quota (Créditos: Divulgação/FIVB)
Thiago ataca contra bloqueio de Saymon na disputa do Country Quota (Créditos: Divulgação/FIVB)

 

 

A etapa quatro estrelas de Varsóvia, na Polônia, é o próximo desafio das duplas brasileiras no Circuito Mundial de vôlei de praia 2018. A competição ocorre de quarta-feira (27.06) a domingo (01.07) e terá oito times do país na disputa: quatro em cada naipe. E eles buscam manter a hegemonia, já que o Brasil é o maior vencedor nos torneios realizados no país europeu, tendo conquistado 19 títulos entre homens e mulheres.

 

 

 

O naipe masculino já contou nesta terça-feira com a disputa do country quota (vaga do país), quando o número de inscritos é superior ao limite de cada federação. No primeiro duelo, vitória de Thiago e George (SC/PB) por 2 sets a 1 (21/16, 18/21, 11/15) sobre Ricardo e Guto (BA/RJ). Horas depois, Álvaro Filho/Saymon (PB/MS), que tinham melhor ranking, enfrentaram Thiago e George, vencendo por 2 sets a 1 (21/18, 21/23, 15/13), ficando com a vaga.

 

 

 

 

A dupla, porém, ainda disputará o classificatório nesta quarta-feira (27.06), em dois jogos eliminatórios diretos, em busca de uma vaga na fase de grupos da competição. Se avançarem, se juntam a Alison/André Stein (ES), Evandro/Vitor Felipe (RJ/PB) e Pedro Solberg/Bruno Schmidt (RJ/DF), todos já garantidos pela posição no ranking de entradas do torneio.

 

 

 

 

No naipe feminino, Josi e Lili (SC/ES) partem do classificatório também nesta quarta, em busca de vitórias e vaga na fase de grupos. A dupla já subiu ao pódio do Circuito Mundial duas vezes nesta temporada, em etapas duas estrelas na China. Ágatha/Duda (PR/SE), Carolina Solberg/Maria Elisa (RJ) e Fernanda Berti/Bárbara Seixas (RJ) já estão garantidas pelo ranking.

 

 

 

 

As 32 duplas (24 pelo ranking de entradas e oito provenientes do classificatório) são divididas em oito grupos de quatro equipes. Após os jogos da primeira fase, os primeiros colocados vão direto às oitavas de final, enquanto segundos e terceiros disputam a repescagem. As finais dos dois naipes ocorrem no domingo, em horário ainda indefinido.

 

 

 

 

As duplas brasileiras somam até agora 17 medalhas no Circuito Mundial de vôlei de praia 2018, sendo oito de ouro, seis de prata e três de bronze. No feminino, Fernanda e Bárbara Seixas estão na quarta colocação, com 4.440 pontos. Entre os homens, após diversas trocas de parcerias, Álvaro Filho/Saymon é o time mais bem colocado, em 19°, com 2.980 pontos.

 

 

 

 

Varsóvia é a sexta etapa do nível quatro estrelas de oito em disputa na temporada 2018. Desde 2017, a Federação Internacional de Voleibol (FIVB) classifica os torneios de uma a cinco estrelas, de acordo com a premiação e o número de pontos que oferecem. O campeonato na Polônia rende 800 pontos aos campeões, além de uma premiação de cerca de R$ 75 mil.

 

 

 

 

O Circuito Mundial retorna à Polônia pela 15ª temporada consecutiva, tendo recebido 31 eventos anteriores, incluindo dois eventos somente para mulheres em Varsóvia durante as temporadas de 2006, quando as chinesas Tian e Wang venceram, e em 2007, quando as medalhistas olímpicas Juliana e Larissa foram campeãs.

 

 

 

BRASIL NO CIRCUITO MUNDIAL 2018:

 

 

 

Etapa de Haia – Holanda (4 estrelas)
Maria Elisa/Carol Solberg – prata

 

 

 

Etapa de Fort Lauderdale – EUA (5 estrelas)
Fernanda Berti/Bárbara Seixas – ouro
Carol Horta/Taiana – prata

 

 

 

Etapa de Xiamen – China (4 estrelas)
Alison/Bruno Schmidt – bronze

 

 

 

Etapa de Huntington Beach – EUA (4 estrelas)
Fernanda Berti/Bárbara Seixas – ouro
Maria Elisa/Carol Solberg – prata
Evandro/André Stein – prata

 

 

 

 

Etapa de Itapema – Brasil (4 estrelas)
Ágatha/Duda – ouro
Evandro/André Stein – ouro

 

 

 

 

Etapa de Miguel Pereira – Brasil (1 estrela)
Vinícius/Luciano – ouro
Bernat/Harley – prata
Ramon Gomes/Álvaro Andrade – bronze
Aline/Diana – prata
Tainá/Victoria – bronze

 

 

Etapa de Nantong – China (2 estrelas)
Josi/Lili – ouro

 

 

 

 

Etapa de Nanquim – China (2 estrelas)
Josi/Lili – ouro

 

 

 

 

Etapa de Manavat – Turquia (1 estrela)
Oscar/Luciano – ouro

 

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da CBV