Circuito Mundial de Vôlei de Praia 2015: Ágatha e Bárbara ficam com a Prata no Grand Slam de Yokohama, no Japão.

Ágatha e Bárbara ficam com a Prata no Grand Slam de Yokohama, no Japão.
Ágatha e Bárbara ficam com a Prata no Grand Slam de Yokohama, no Japão.

 

 

O Brasil subiu ao pódio mais uma vez no Circuito Mundial 2015. A paranaense Ágatha e a carioca Bárbara Seixas lutaram, mas acabaram superadas pelas alemãs Laura Ludwig e Kira Walkenhorst por 2 sets a 0 (parciais de 14/21 e 17/21) e ficaram com a prata no Grand Slam de Yokohama, no Japão. Os times brasileiros haviam vencido as últimas sete paradas do tour internacional e a dupla medalha de prata lidera o ranking geral.

 

 

Ágatha e Bárbara Seixas (PR/RJ) somaram sua quinta medalha na temporada, três de ouro e duas de prata. Ao todo, a paranaense, eleita melhor jogadora do Campeonato Mundial da Holanda, possui 13 medalhas nas etapas internacionais, mesmo número total de Bárbara. A campanha da dupla no Japão contou com seis vitórias e somente a derrota da final. Foi também a 21ª medalha do Brasil no Circuito Mundial 2015.

 

 

 

Com o resultado, Ágatha e Bárbara somam mais 720 pontos no ranking do tour mundial e abrem vantagem na corrida olímpica brasileira por uma vaga aos Jogos Olímpicos do Rio 2016. Elas aparecem em primeiro, com 3.560 pontos, seguidas por Larissa e Talita (PA/AL), que somam 3.240 ponto (veja a classificação completa abaixo). Além disso, o time recebe uma premiação de 43 mil dólares pelo vice-campeonato.

 

 

 

 

Nas cinco vezes que chegaram às semifinais, as brasileiras levaram alguma medalha nesta temporada. Além disso, com 44 vitórias e apenas seis derrotas no tour 2015, elas possuem um incrível aproveitamento de triunfos de 86% das partidas disputadas.

 

 

 

 

Após a final Ágatha e Bárbara Seixas (PR/RJ) comemoraram como nunca a quinta medalha conquistada em etapas do Circuito Mundial de Vôlei de Praia, com o novo pódio do Grand Slam de Yokohama, neste domingo.

 

 

 

 

“Para ser bem sincera pensei em nem entrar para a partida. Durante todo o torneio estava bastante cansada, com um nível de desgaste alto. Por entrar para a final exausta, até posso dizer que para nós a prata teve gosto de ouro” revelou Ágatha após a decisão em Yokohama.

 

 

 

 

Após uma jornada que durou 70 dias corridos, entre as etapas do Circuito Mundial na Europa e o Grand Slam de Yokohama, na Ásia, a dupla finalmente retornará ao Brasil, onde irá se preparar para a etapa de Longe Beach, nos Estados Unidos, ambos disputados em agosto.

 

 

 

“Em primeiro lugar, agora só queremos poder voltar para a casa. Abriremos mão da disputa da etapa de Brasília para focarmos na nossa prioridade, que é o Circuito Mundial e a Corrida Olímpica para os Jogos do Rio de 2016”, concluiu Bárbara, entusiasmada em poder retornar para rever os amigos e familiares.

 

 

 

A corrida olímpica brasileira será definida da seguinte forma: uma dupla masculina e uma dupla feminina conquistarão a classificação para a Olimpíada de 2016 pela pontuação obtida nos nove principais eventos do Circuito Mundial 2015 (cinco Grand Slams, três Major Series e Open do Rio de Janeiro). Os times poderão descartar os dois piores resultados ao longo da temporada.

 

 

 

Em 2015, o calendário do Circuito Mundial prevê cinco Grand Slams, três Major Series, dez Opens, o Campeonato Mundial e o World Tour Finals, que reunirá apenas os oito melhores times da temporada de cada gênero. Cada torneio possui pontuação e premiação distintas, mas serão distribuídos ao todo mais de 9,6 milhões de dólares.

 

 

 

Yokohama é a sexta etapa que conta pontos para a corrida olímpica brasileira, ranking que classificará uma dupla em cada naipe aos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. Após a etapa japonesa, o tour sofre uma pausa e volta com o Grand Slam de Long Beach, nos EUA, de 18 a 23 de agosto.

 

 

 

CONFIRA A CORRIDA OLÍMPICA BRASILEIRA:

 

 

  • Ágatha/Bárbara Seixas – 3560
  • Larissa/Talita – 3240
  • Juliana/Maria Elisa – 2960
  • Fernanda Berti/Taiana – 2080
  • Maria Clara/Carol – 1520

 

 

BRASIL NO CIRCUITO MUNDIAL 2015:

 

 

Open de Praga
Ágatha/Bárbara Seixas – ouro
Duda/Elize Maia – bronze

 

 

 

Grand Slam de Moscou
Larissa/Talita – ouro
Evandro/Pedro Solberg – prata

 

 

 

Major Series de Porec
Larissa/Talita – ouro

 

 

 

Major Series de Stavanger
Evandro/Pedro Solberg – ouro
Juliana/Maria Elisa – ouro
Ágatha/Bárbara Seixas – prata

 

 

Grand Slam de São Petersburgo
Ágatha/Bárbara Seixas – ouro
Juliana/Maria Elisa – prata
Fernanda Berti/Taiana – bronze

 

 

 

Campeonato Mundial da Holanda
Ágatha/Bárbara Seixas – ouro
Alison/Bruno Schmidt – ouro
Fernanda Berti/Taiana – prata
Juliana/Maria Elisa – bronze
Evandro/Pedro Solberg – bronze

 

 

 

Major Series de Gstaad
Larissa/Talita – ouro
Alison/Bruno Schmidt – ouro
Fernanda Berti/Taiana – prata

 

 

 

Grand Slam de Yokohama
Alison/Bruno Schmidt – ouro
Ágatha/Bárbara Seixas – prata

 

 

 

 
Fonte: Da Redação com informações de Agências de Notícias e da CBV