Circuito Mundial de Judô – Grand Prix de Montreal: Judô brasileiro disputa Grand Prix de Montreal como preparação para os Jogos Pan-Americanos e Mundial de Tóquio, em agosto

Judô brasileiro disputa Grand Prix de Montreal como preparação para os Jogos Pan-Americanos e Mundial de Tóquio, em agosto

Após a pausa para as disputas continentais, o Circuito Mundial da FIJ retorna neste final de semana com o inédito Grand Prix de Montreal, no Canadá. A competição vale até 700 pontos no ranking internacional e, para a seleção masculina do Brasil, servirá como preparação para os Jogos Pan-Americanos e para o Campeonato Mundial de Tóquio, ambos em agosto. Brasil será representado por 17 judocas, dos quais 13 recebem o apoio financeiro do programa Bolsa Atleta da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania.

 

 

“Acho que é um ótimo parâmetro para o Mundial, principalmente. Praticamente todos os adversários mais fortes estarão em Montreal. Acho ótimo! Tem alguns adversários com os quais ainda não lutei e gostaria de lutar antes do Mundial. Minha expectativa é lutar deixando tudo no tatame como vou fazer nos Jogos Pan e no Mundial”, avalia David Moura, representante do Brasil no peso pesado (+100kg) em Montreal.

 

 

“Vai ser uma competição duríssima. Uma boa competição pré-Jogos Pan e Mundial. Além de valer pontos importantes para o ranking que podem me deixar mais perto dos Jogos Olímpicos de 2020”, projeta o meio-pesado Leonardo Gonçalves, que fará a dobradinha no 100kg com Rafael Buzacarini.

 

 

Além dos três, a CBJ convocou também Eric Takabatake (60kg), Felipe Kitadai (60kg), Michael Marcelino (66kg), Eduardo Katsuhiro (73kg), Eduardo Yudy (81kg) e Rafael Macedo (90kg). Completam o time os seguintes judocas selecionados por meio do processo de adesão: Gabriela Chibana (48kg), Sarah Menezes (52kg), Aléxia Castilhos (63kg), Mariana Silva (63kg), Amanda Oliveira (70kg), Samanta Soares (78kg), Alex Pombo (73kg), Tiago Pinho (81kg) e Eduardo Bettoni (90kg).

 

 

Programação

 

A agenda da seleção em Montreal começa nesta quinta, quando os atletas conhecerão seus primeiros adversários após o sorteio das chaves. As lutas serão a partir de sexta-feira (05), começando pelos pesos 48kg, 52kg, 57kg, 60kg e 66kg. No sábado, lutarão os atletas dos pesos 63kg, 70kg, 73kg e 81kg. No domingo, fechando o evento, será a vez dos judocas dos pesos 78kg, +78kg, 90kg, 100kg e +100kg.

 

 

SEXTA-FEIRA (05)

  • Eric Takabatake (60kg/E.C.PINHEIROS/SP), Felipe Kitadai (60kg/SOGIPA/RS), Michael Marcelino (66kg/SESI/SP), Gabriela Chibana (48kg/E.C.PINHEIROS/SP) e Sarah Menezes (52kg/C.R.FLAMENGO/RJ)

 

 

SÁBADO (06)

  • Eduardo Katsuhiro (73kg/PAINEIRAS DO MORUMBY/SP), Alex Pombo (73kg/SOGIPA/RS), Eduardo Yudy (81kg/E.C.PINHEIROS/SP), Tiago Pinho (81kg/SOGIPA/RS), Aléxia Castilhos (63kg/SOGIPA/RS), Mariana Silva (63kg/MINAS TÊNIS CLUBE/MG) e Amanda Oliveira (70kg/A.D.SÃO CAETANO/SP)

 

 

DOMINGO (07)

  • Samanta Soares (78kg/E.C.PINHEIROS/SP), Tiago Pinho (81kg/SOGIPA/RS), Eduardo Bettoni (90kg/MINAS TÊNIS CLUBE/MG), Rafael Buzacarini (100kg/CLUBE PAINEIRAS DO MORUMBY/SP), Leonardo Gonçalves (100kg/SOGIPA/RS) e David Moura (+100kg/INSTITUTO REAÇÃO/RJ)

 

 

Da Redação com informações provenientes da CBJ/Confederação Brasileira de Judô