Campeonato Sul-Americano Sub-20 de Atletismo – Cáli: Brasil mantém hegemonia no Sul-Americano Sub-20 de Cáli

Seleção é campeã na classificação masculina, feminina e geral e mostra talentos da nova geração, que brilharam nos dois dias de evento no Estádio Pedro Grajales

 

 

O Brasil manteve a sua hegemonia na 43ª edição do Campeonato Sul-Americano Sub-20 de Atletismo, encerrado na noite deste domingo (16.06), no Estádio Pedro Grajales, na cidade de Cáli, na Colômbia. A equipe foi campeã na classificação masculina, feminina e geral.

 

 

 

No masculino, a delegação somou 212 pontos, seguida da Colômbia, com 135, e da Argentina, com 74. No feminino, numa disputa mais apertada, as brasileiras venceram com 184 pontos, contra 163 das colombianas. As chilenas ficaram em terceiro, com 77. Na classificação geral, o Brasil somou 396 pontos, superando mais uma vez a Colômbia, o principal adversário do continente, que totalizou 298 pontos.

 

 

 

Na última etapa da competição, o Brasil ganhou mais 12 medalhas (cinco de ouro, cinco de prata e duas de bronze). No geral, a equipe terminou com 40 medalhas nos dois dias de evento, com 19 ouros, 15 pratas e 6 bronzes.

 

 

 

No salto triplo feminino, o Brasil conseguiu dobradinha, com vitória de Maria Vitória Queiroz, com 12,81m, seguida de Nerisnelia dos Santos Sousa, com 12,75m.

 

 

 

Nos 400m com barreiras, Caio de Almeida Teixeira confirmou o favoritismo e venceu com o tempo de 51s05. Outras medalhas de ouro foram conquistadas por Jonathan da Silva, no decatlo, com 6.561 pontos, e pelos revezamentos 4 x 400m feminino (3min37s24) e masculino (3min09s37).

 

 

 

Nos 400m com barreiras, categoria feminina, Jéssica Vitória Moreira ficou em segundo lugar, com 57s28, seguida de Chayenne Pereira da Silva, com 57s85. A campeã foi a colombiana Valeria Cabezas Caracas.

 

 

 

Medalhas de prata foram conquistadas no lançamento do disco, com Rafaela Cristina da Silva, com 47,68m; no salto em distância, com Adrian Henrique Vieira, com 7,23m; e no heptatlo, com Juliana Estevão Oliveira, com 4.937 pontos. Paloma Dias Cardoso ficou com a medalha de bronze, com 4.861 pontos.

 

 

O Brasil participou do Sul-Americano com uma equipe de 47 atletas, sendo 22 homens e 25 mulheres, graças a recursos do Programa de Apoio às Seleções Brasileiras da Caixa, a patrocinadora oficial do atletismo brasileiro.

 

 

Da Redação com informações provenientes da CBAt