Campeonato Paulista 2019 – Troféu do Interior: Mirassol e Red Bull duelam pela partida de ida do Mata Mata do Troféu do Interior do Paulistão.

Mirassol x Red Bull – Imagem Departamento de Artes do Portal Bragança

 

 

Mirassol e Red Bull iniciam a disputa pela semifinal do Troféu do Interior nesta segunda-feira (1), às 20h, no estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol. Os donos da casa eliminaram o Guarani na fase anterior, enquanto os campineiros estreiam no torneio.

 

 

Na primeira fase do Paulistão Sicredi, o Mirassol foi a única equipe a superar o Red Bull. Apesar do retrospecto positivo, o técnico Luciano Deitos destacou o trabalho realizado pelo rival e apontou as dificuldades para a primeira partida semifinal.

 

 

 

“A gente sabe a força do Red Bull, provou isso durante a competição, teve oito vitórias, isso é inédito para uma equipe do interior, é uma equipe muito bem montada, que trabalha muito bem a bola, que tem jogadores de muita qualidade. A gente vai respeitar a equipe deles, mas vamos trabalhar para fazer um bom jogo e buscar a classificação”, disse o técnico do Mirassol.

 

 

 

Do outro lado, o Red Bull chega após ser eliminado pelo Santos, nas quartas de final do Paulistão Sicredi. Os campineiros tiveram a melhor campanha geral de toda a primeira fase e querem fazer história com o título do Troféu do Interior.

 

 

 

“Agora é focar nesse título, o clube ainda não tem e vamos buscar para fazer história. Vai ser um jogo disputado, é um lugar difícil de jogar, mas vamos em busca da final”, disse Léo Ortiz, um dos destaques da campanha campineira.

 

 

 

Ficha técnica:

Árbitro: Adriano de Assis Miranda;
Assistente 1: Alberto Poletto Masseira;
Assistente 2: Marco Antonio de Andrade Motta Junior;
Quarto Árbitro: Paulo Sergio dos Santos;

 

 

Mirassol: Matheus Aurélio; Sandoval, Leandro Amaro, Riccieli e Alex Ruan; Léo Baiano, Simião e Maílton; Rodolfo, Felipe Augusto e Carlão. Técnico: Luciano Deitos.

 

 

Red Bull: Júlio César; Aderlan, Ligger, Léo Ortiz e Rafael Carioca; Barreto (Pio), Uillian Correita e Everton (Claudinho); Osman, Ytalo e Roberson (Bruno Tubarão). Técnico: Antônio Carlos Zago.

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da FPF