Campeonato Paulista 2019 – Paulistão: Santos vence o Red Bull por 2 a 0 na partida de ida do mata-mata das quartas de final do Paulistão.

Santos vence o Red Bull por 2 a 0 na partida de ida do mata-mata das quartas de final do Paulistão. – Foto: Ivan Storti | Santos FC

 

 

O Santos saiu na frente do Red Bull Brasil por uma vaga na semifinal do Paulistão na noite deste sábado (23) ao ganhar por 2 a 0 no Estádio do Pacaembu pelo jogo de ida das quartas de final.

 

 

A partida de volta entre os dois clubes está marcada para terça-feira (23) às 20 horas no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O Santos pode perder até por um gol de diferença que fica com a vaga na semifinal, enquanto o Red Bull Brasil precisa ganhar por três ou mais para avançar. Uma vitória do time campineiro por dois de vantagem leva a decisão para os pênaltis.

 

 

 

 

O jogo começou movimentado e o Santos chegou a balançar as redes logo aos cinco minutos com Diego Pituca, mas o gol foi anulado corretamente pelo árbitro Douglas Marques das Flores com a ajuda do VAR. O volante alvinegro estava impedido.

 

 

 

 

Seis minutos depois, porém, o placar foi aberto. Carlos Sánchez cobrou falta para dentro da área, ninguém desviou e a bola entrou no canto de Júlio César. A partida começou movimentada e os dois times desperdiçaram boas oportunidades. Jean Mota e Diego Pituca acertaram a rede pelo lado de fora, enquanto Rodrygo parou no goleiro adversário.

 

 

 

 

Já o Red Bull Brasil teve sua melhor oportunidade com Ytalo, que recebeu cruzamento de Osman e, mesmo com Vanderlei caído, mandou para fora. Em outro lance, o goleiro santista espalmou para trás chute de Aderlan e na sequência a bola explodiu na trave. Ytalo também assustou em finalização de fora da área.

 

 

 

 

A etapa final não foi tão movimentada como a primeira, mas mesmo assim os times criaram oportunidades. Bruno Tubarão e Ytalo quase empataram para o Red Bull Brasil. Quem marcou de novo, porém, foi o Santos. Aos 33 minutos, Copete ajeitou e Diego Pituca finalizou no canto de Júlio César.

 

 

 

 

Nos minutos finais, o Red Bull Brasil se lançou ao ataque para diminuir e assustou principalmente em cobrança de falta do meia Pio. Vanderlei se esticou todo e espalmou para escanteio, garantindo a boa vantagem santista.

 

 

Da Redação com informações provenientes e vinculadas pela FPF