Campeonato Paulista 2019 – Paulistão: Santos duela com o Red Bull no Pacaembu na partida de ida do mata-mata das quartas de final do Paulistão – 23/03/2019

Santos duela com o Red Bull no Pacaembu na partida de ida do mata-mata das quartas de final do Paulistão – 23/03/2019

 

 

Apontados por muitos, como os melhores times da primeira fase do Paulistão, Santos e Red Bull iniciam a disputa das quartas de final. Apesar dos times chegarem em situação inversa para o mata-mata, a expectativa é para ver o duelo entre Sampaoli e Zago no estádio do Pacaembu

 

 

Dono da terceira melhor campanha, com 23 pontos, o Santos não poderá contar com Cueva, Soteldo e Derlis González, convocados para suas respectivas seleções, e Lucas Veríssimo, que foi expulso diante do Botafogo, na última rodada da primeira fase.

 

 

 

Sem vencer há três rodadas, o lateral esquerdo Felipe Jonatan falou sobre esse momento decisivo. “Estamos muito focados nesse mata-mata. Felizmente o futebol nos proporciona a chance de virar a chave logo em seguida. Sabemos que vai ser um jogo dificílimo e estamos cientes da importância dessas quartas de final. Vamos com muito foco em busca do nosso objetivo”, disse o jogador.

 

 

 

Do outro lado, o Red Bull encerrou a primeira fase como a melhor campanha geral, com 27 pontos. O time de Campinas chega embalado com oito vitórias nos últimos nove jogos. “No começo você sonha com a classificação, mas não imagina a liderança geral. No decorrer do campeonato, as coisas foram ficando fáceis, porque todo mundo trabalho e encerou com a maior seriedade possível, e devagar fomos pegando gosto pela liderança”, explicou o treinador.

 

 

 

O treinador campineiro fez uma projeção do encontro diante do Santos. “Tem um grande time do outro lado, que fez uma excelente campanha. O importante é a gente fazer o nosso papel, continuar com nosso trabalho para sermos ainda mais eficientes”, finalizou Antônio Carlos Zago.

 

 

 

Ficha técnica:
Santos x Red Bull;
Horário: 19h30;
Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo;

 

 

Árbitro: Douglas Marques das Flores;
Assistente 1: Anderson Jose de Moraes Coelho;
Assistente 2: Marco Antonio de Andrade Motta Junior;
Quarto árbitro: Rodrigo Homes Paes Domingues;
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral;
AVAR 1: Emerson Augusto de Carvalho;
AVAR 2: Luiz Flavio de Oliveira;
Avaliador de vídeo: Silvio César Silva de Lima;
Avaliador de campo: Dioniso Roberto Domingos;
Analista de protocolo: Silvia Regina de Oliveira;

 

 

 

Red Bull: Júlio César, Aderlan, Ligger, Léo Ortiz e Rafael Carioca; Jobson, Uillian Correia e Pio (Everton); Osman, Ytalo e Roberson. Técnico: Antônio Carlos Zago.

 

 

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Felipe Aguilar, Gustavo Henrique e Felipe Jonatan; Alison (Yuri), Diego Pituca, Jean Lucas, Carlos Sánchez e Jean Mota; Rodrygo. Técnico: Jorge Sampaoli.

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da FPF