Campeonato Paulista 2017 – Paulistão: Ponte Preta vence o Santos na primeira partida das quartas de final do Paulistão.

Com a vitória por 1 a 0 em Campinas, o time de Gilson Kleina tem a vantagem do empate no jogo de volta – Foto: Divulgação/Ponte Preta

 

 

A Ponte Preta saiu na frente do Santos na disputa por uma vaga na semifinal do Paulistão Itaipava. Na tarde deste sábado (01), no primeiro jogo das quartas de final, o time campineiro fez o dever de casa e venceu o alvinegro praiano por 1 a 0 no Estádio Moisés Lucarelli com gol do artilheiro William Pottker.

 

 

 

Os dois times voltam a se enfrentar na segunda-feira (10) no Estádio do Pacaembu, em São Paulo. A Ponte Preta tem a vantagem do empate, enquanto o Santos precisa vencer por dois ou mais gols de vantagem. Uma vitória simples leva a decisão para os pênaltis.

 

 

 

 

A Ponte Preta começou a partida em cima do Santos e quase abriu o placar logo aos cinco minutos, quando William Pottker recebeu lançamento de Lucca e bateu por cobertura de Vanderlei, mas a bola foi na rede pelo lado de fora.
A pressão dos donos da casa surgiu efeito aos 21. Clayson lançou Nino Paraíba, que deixou Pottker na cara de Vanderlei. Dessa vez, o artilheiro não desperdiçou e estufou as redes. O Santos se lançou em busca do empate e criou duas chances seguidas. Ricardo Oliveira chutou forte e Aranha espalmou. Depois, Vitor Bueno cruzou rasteiro, a bola desviou em Marlon e só não entrou porque o goleiro pontepretano fez grande defesa.

 

 

 

 

O Santos voltou do intervalo em busca do empate e criou a primeira oportunidade logo aos cinco minutos, quando Ricardo Oliveira recebeu cruzamento rasteiro de Copete e chutou por cima. A resposta da Ponte Preta veio na sequência. Renato Cajá lançou e William Pottker cabeceou para grande defesa de Vanderlei. No rebote, o camisa 9 soltou a bomba e o goleiro santista pegou com o rosto.

 

 

 

 

 

Nos minutos finais, o Santos se lançou todo ao ataque em busca do empate, mas a Ponte Preta conseguiu segurar a vitória e manter os 100% de aproveitamento sob comando de Gilson Kleina.

 

 

 

 
Da Redação com informações da FPF