Campeonato Paulista 2017 – Paulistão: Corinthians e Red Bull empatam em 1 a 1 pela 10ª rodada do Paulistão.

Corinthians e Red Bull empatam em 1 a 1 pela 10ª rodada do Paulistão.

 

 

Corinthians e Red Bull ficaram no empate em 1 a 1 na Arena Corinthians, pela 10ª rodada do Paulistão Itaipava. O alvinegro jogou com um a mais desde os 25 minutos do segundo tempo, quando o goleiro Saulo foi expulso, mas não conseguiu aproveitar a vantagem para vencer.

 

 

 

Apesar do tropeço, o Corinthians confirmou o primeiro lugar do Grupo A com 20 pontos, sete a mais que Ituano e Botafogo, a duas rodadas do fim da primeira fase. Já o Red Bull Brasil é o terceiro colocado do Grupo B com 12 pontos, três pontos à frente da Ferroviária, primeiro time da zona do rebaixamento, na classificação geral e dois atrás do Linense, 2º do seu gurpo.

 

 

 

 

Muito forte em sua Arena, o Corinthians tomou conta do jogo nos minutos iniciais, mas sem levar muito perigo ao Red Bull Brasil, que marcava muito forte no meio de campo. Pedrinho, que fez sua estreia pelo Corinthians, foi o grande destaque do primeiro tempo com dribles e bons lançamentos que quase resultaram em gol.

 

 

 

 

O jovem de 18 anos deu grande passe para Jô sair cara a cara com Saulo, que fez a defesa. No rebote, Rodriguinho bateu para o gol e novamente o goleiro evitou o primeiro gol do jogo. Depois, Léo Jabá aproveitou a sobra e não errou o alvo, mas ele estava impedido. Apesar desse lance, as melhores chances fora do Red Bull Brasil.

 

 

 

 

E as duas chances criadas foram em chute de fora da área. Primeiro, Nando Carandina acertou um belo chute de muito longe, mas Cássio espalmou para escanteio. O lance mais incrível, porém, veio logo na sequência. Novamente Nando Carandina chutou forte e, dessa vez, a bola bateu nas duas traves antes de cair nos pés de Bruno Alves, que estava impedido.

 

 

 

 

 

Na volta do intervalo o Corinthians não conseguiu manter o ritmo de jogo, e viu o Red Bull Brasil dominar a partida. O alvinegro só teve uma boa chance em cruzamento de Guilherme Arana, mas ninguém completou para o gol. Já a melhor oportunidade dos visitantes saiu em chute de Luan, dentro da grande área, que acertou a trave esquerda de Cássio.

 

 

 

 

Entretanto, o jogo mudou aos 25 minutos. Saulo, goleiro do Red Bull Brasil, colocou a mão na bola fora da área, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Na falta, Maycon cobrou no ângulo, sem chances de defesa para Daniel, que tinha acabado de entrar no jogo. Foi o primeiro gol de falta do Corinthians desde 9 de julho de 2015.

 

 

 

 

 

Com a vantagem em campo e no placar, o Corinthians passou a dominar o jogo, mas o time pecava na criação das jogadas. Rodriguinho e Léo Jabá não estavam bem e pouco fizeram no segundo tempo. Quando o jogo já se encaminhava para o final, o Red Bull Brasil empatou. Aos 46 minutos, Guilherme Lazaroni recebeu nas costas de Léo Príncipe e bateu forte, no alto, sem chances de defesa para Cássio.

 

 

 

 

Na próxima rodada, o Corinthians faz o clássico diante do São Paulo no domingo, às 16h, no Morumbi. No mesmo dia, às 19h, o Red Bull recebe o Botafogo no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

 

 

 

 
Da Redação com informações da FPF