Campeonato Paulista 2016 – Série A2: Guarani e Bragantino não saem do zero no Brinco de Ouro

 Guarani e Bragantino não saem do zero no Brinco de Ouro - Crédito: Rodrigo Villalba / MemoryPress / GFC
Guarani e Bragantino não saem do zero no Brinco de Ouro – Crédito: Rodrigo Villalba / MemoryPress / GFC

 

 

Num jogo de times empatados na classificação, o placar não poderia ser outro: empate. Na noite desta quarta-feira, Guarani e Bragantino não saíram do 0 a 0, no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas, pela quarta rodada do Paulistão A2 Itapava.

 

 

 

Com a igualdade, os times ganharam companhia de Batatais e São Caetano, que também chegaram aos oito pontos e quatro gols de saldo.

 

 

 

 

Em meio a tanta igualdade, cada time dominou um período. O primeiro tempo foi todo do Guarani, mas o time desperdiçou chances criadas por Fumagalli e Watson. Na segunda etapa, o Bragantino cresceu, controlou o jogo e chegou bem com Thiago Santos, mas Pegorari, do time campineiro, apareceu bem para defender.

 

 

 

 

Os dois times voltam a campo neste sábado. Enquanto o Guarani encara o Velo Clube, no Benito Agnello, às 10h, o Bragantino recebe o Monte Azul, às 17h30, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

 

 

 
Ficha técnica Guarani 0 x 0 Bragantino

 

 

 
LOCAL: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas

 

 

Data: 10/02/2016

Horário: 20 h

 

ÁRBITRO: Aurélio Sant’Anna Martins (SP).

 

ASSISTENTES: Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP) e Orlando Massola Júnior (SP).

 
QUARTO ÁRBITRO: Alex Lopes Loula (SP).

 

 
Cartões Amarelos: Lucas Bahia e Fumagalli (Guarani); Bruno Pacheco e Geandro (Bragantino)

 

 

Público: 4.231

 

 
Renda: 60.990,00

 

 
Guarani – Pegorari; Oziel, Carpini, Lucas Bahia e Denis Neves; Diego Silva e Tabata (João Vittor); Watson,Fumagalli e Ricardinho (Wesley); Max (Lorran). Técnico: Pintado.

 

 

 

Bragantino – Felipe; Ivan, Douglas Silva, Éder Lima e Bruno Pacheco; Serginho, Léo Jaime (Renan Dimes), Geandro (Edson) e Vinícius; Thiago Santos e Jobinho (Erick). Técnico Léo Condé