Campeonato Paulista 2016 – Série A2: Bragantino sofre mas vence o Barretos por 1 a 0 no Nabizão

Bragantino
Bragantino

 

 
O Bragantino manteve os 100% de aproveitamento no Paulistão A2 Itaipava na noite desta quarta-feira (03) ao vencer o Barretos por 1 a 0, no Estádio Nabi Abi Chedid, pela segunda rodada. Thiago Santos foi o autor do único gol da partida.

 

 

Com seis pontos em dois jogos, o Bragantino tem a mesma pontuação que o Santo André, mas está na vice-liderança por causa do saldo de gols (6 contra 4). Ainda sem vencer, o Barretos segue com um ponto na 13ª colocação.

 

 

 

O Bragantino dominou o primeiro tempo e poderia ter ido para o intervalo com uma vantagem maior. Aos 17 minutos, Thiago Santos aproveitou rebote de Júnior no chute de Jobinho e completou para o gol. Júnior Timbó arriscou de longe e exigiu grande defesa do goleiro adversário. Júnior voltou a trabalhar em finalização de Ivan. Nos minutos finais, o Barretos se lançou ao ataque e quase empatou com Jorge Preá, mas a zaga aliviou o perigo.

 

 

 

Em busca do empate, o Barretos voltou mais ligado para o segundo tempo e quase marcou logo aos três minutos, quando Norton finalizou e acertou a trave de Felipe. O time visitante continuou pressionando até o final, mas não conseguiu furar a forte marcação do Bragantino. O Barretos ainda acertou uma bola no travessão nos acréscimos.

 

 

 

Pela terceira rodada, o Bragantino recebe o Penapolense às 17h30 no Estádio Nabi Abi Chedid, enquanto o Barretos terá pela o Atlético Sorocaba às 16h no Ítalo Mário Limongi, em Indaiatuba. Os dois jogos serão no sábado.

 

 

FICHA TÉCNICA

BRAGANTINO 1 X 0 BARRETOS

1ª Fase – 2ª rodada

03/02/2016 – 19h30

Estádio Nabi Abi Cheddid – Bragança Paulista (SP)

Árbitro – Douglas Marques das Flores

Assistentes – Luis Felipe Prado Silva e Décio Casagrande Portiéri

Renda – R$ 27.935,00

Público – 5.245 pagantes

Cartões Amarelos

Bragantino: Renan

Barretos: Lucas Mendes, William Mineiro, Lídio

Gol Bragantino: Thiago Santos 17′ 1T

Bragantino
Felipe, Ivan, Douglas Santos, Éder Lima e Bruno Pacheco,
Renan, Geandro e Júnior Timbó (Vinícius Reche),
Thiago Santos (Erik), Jobinho (Serginho) e Lincom.
Técnico: Léo Condé

Barretos
Júnior, Lucas Mendes, João Vitor, William Mineiro e Cleydson,
Diogo Marzagão, Ualisson Picachu (Almir Dias), Lídio, Norton e Luciano Mandí (David Denner), Jorge Preá (William).
Técnico: Vilson Tadei