Campeonato Mundial Feminino de Vôlei 2018: Seleção Brasileira Feminina de Vôlei embarga para a disputa do Mundial no Japão que acontecerá de 29/09 a 20/10/2018.

Campeonato Mundial Feminino de Vôlei 2018: Seleção Brasileira Feminina de Vôlei embarga para a disputa do Mundial no Japão que acontecerá de 29/09 a 20/10/2018.
Campeonato Mundial Feminino de Vôlei 2018: Seleção Brasileira Feminina de Vôlei embarga para a disputa do Mundial no Japão que acontecerá de 29/09 a 20/10/2018.

 

 

A seleção brasileira feminina de vôlei embarcará, nesta quarta-feira (19.09), para o Japão. O time verde e amarelo iniciará o período de aclimatação na cidade de Sagamihara visando a disputa do Mundial que acontecerá entre os dias 29 de setembro e 20 de outubro. A equipe do treinador José Roberto Guimarães lutará por um título inédito, depois da conquista das medalhas de prata nas edições de 1994, 2006 e 2010, além do bronze, em 2014.

 

 

O Brasil estreará na competição no dia 29 de setembro, à 1h40 (horário de Brasília) contra Porto Rico.

 

 

 

 

O time verde e amarelo viajará para o Japão com 15 jogadoras: as levantadoras Dani Lins e Roberta, a oposta Tandara, a oposta e ponteira Rosamaria, as ponteiras Natália, Fernanda Garay, Gabi, Drussyla e Amanda, as centrais Adenízia, Thaisa, Bia e Carol e as líberos Suelen e Gabiru.

 

 

 

 

O treinador José Roberto Guimarães comentou sobre o momento atual do time verde e amarelo e mostrou otimismo para a participação do Brasil na competição.

 

 

 

 

“Acredito que melhoramos tanto no aspecto físico como no técnico. Ainda estamos recuperando algumas jogadoras que chegaram com lesões, mas estão evoluindo a cada dia. Esperamos contar com todo o time já no início do Campeonato Mundial. Sabemos da dificuldade que teremos pela frente nessa competição pelo nível dos adversários e a quantidade de jogos”, disse José Roberto Guimarães.

 

 

 

A central Adenízia ressaltou o foco das brasileiras numa boa participação no Mundial.

 

 

 

 

“A nossa equipe está muito focada. Estamos trabalhando muito forte. Sabemos do nosso potencial. Vamos buscar fazer o melhor para chegarmos no topo do pódio. A ansiedade está começando a aparecer e esse é um sentimento positivo. Acredito que podemos fazer uma bela campanha”, afirmou Adenízia.

 

 

 

 

O Brasil está no grupo D do Campeonato Mundial ao lado da Sérvia, da República Dominicana, de Porto Rico, do Cazaquistão e do Quênia. As equipes se enfrentarão dentro do grupo e as quatro melhores classificadas passarão à segunda fase.

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da CBV