Campeonato Mundial de Vôlei Masculino 2018 – Amistosos: Seleção Brasileira Masculina de Vôlei perde amistoso para a Alemanha em último jogo oficial antes do Campeonato Mundial.

Seleção Brasileira Masculina de Vôlei perde amistoso para a Alemanha em último jogo oficial antes do Campeonato Mundial. - Foto: Robert Michael / www.robertmichaelphoto.de
Seleção Brasileira Masculina de Vôlei perde amistoso para a Alemanha em último jogo oficial antes do Campeonato Mundial. – Foto: Créditos: Divulgação/Montreux Volley Masters

 

 

Chegou ao fim de fase de preparação da seleção brasileira masculina de vôlei. Neste domingo (09.09), a equipe verde e amarela fez o segundo e último amistoso contra a Alemanha, na casa do adversário, desta vez em Dresden, e, depois de vencer o primeiro, em Leipzig, acabou superada por 3 sets a 1 (27/25, 25/27, 22/25 e 19/25), diante de um ginásio lotado.

 

 

Agora, a equipe dirigida pelo técnico Renan viaja nesta segunda-feira (10.09) para Ruse, na Bulgária, onde disputará toda a fase final e terá apenas mais três treinos antes da estreia no principal compromisso da temporada, o Campeonato Mundial.

 

 

 

 

Neste domingo, a seleção brasileira começou o amistoso com o levantador Bruninho, o oposto Wallace, os centrais Maurício Souza e Isac, os ponteiros Kadu e Lipe, e o líbero Thales. Também participaram da partida o oposto Evandro, o levantador William, os ponteiros Lucas Lóh e Douglas Souza e o central Éder.

 

 

 

 

Assim como o primeiro encontro entre as duas seleções, houve equilíbrio durante praticamente todo o amistoso deste domingo. No final, com o apoio da torcida que lotou o ginásio, a seleção alemã saiu vitoriosa. Os compromissos foram considerados positivos.

 

 

 

 

“Foram dois jogos onde o Renan teve a chance de utilizar todos os 14 jogadores que estarão no Mundial e contra uma equipe forte, que é a Alemanha. Eles estão muito bem e nos colocaram em situações de dificuldades importantes, onde precisamos e conseguimos reagir em quase todos os momentos”, disse o oposto Evandro.

 

 

 

 

O discurso do veterano oposto é o mesmo no novato Kadu. Recém-chegado a seleção brasileira, o ponteiro de 24 anos comemorou a chance de estar em quadra nestes amistosos.

 

 

 

 

“Foram dois compromissos bem importantes para a equipe fazer os ajustes necessários nesta fase final de preparação para o Mundial. Vem aí um campeonato muito importante, extremamente forte, equilibrado, e nesses dois jogos enfrentamos uma boa equipe, que nos deu a chance de chegar ainda mais bem preparados”, afirmou Kadu.

 

 

 

 

O Brasil estreia no Campeonato Mundial da Bulgária e da Itália no dia 12 de setembro, contra o Egito, na cidade de Ruse, na Bulgária. A seleção brasileira está no Grupo B, que ainda conta com França, Holanda, Canadá e China – esta é a sequência de jogos do grupo dirigido pelo técnico Renan.

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da CBV