Campeonato Mundial de Boxe Feminino: A brasileira Beatriz Ferreira conquista a medalha de ouro no Mundial da Rússia

Beatriz Ferreira: ouro na Rússia coroa talento da atleta de Salvador, esperança de medalha para o Brasil em Tóquio 2020. Foto: Reprodução
Beatriz Ferreira: ouro na Rússia coroa talento da atleta de Salvador, esperança de medalha para o Brasil em Tóquio 2020. Foto: Reprodução

 

A brasileira Beatriz Ferreira conquistou, neste domingo (13.10), a medalha de ouro no Campeonato Mundial de Boxe Feminino, disputado na cidade de Ulan-Ude, na Rússia. O título da categoria até 60kg veio depois de uma vitória incontestável na final contra a chinesa Cong Wang. Bia venceu por decisão unânime e, aos 26 anos, tornou-se a segunda brasileira campeã mundial na modalidade, igualando o feito de Roseli Feitosa, no Campeonato Mundial de Barbados, em 2010.

 

 

 

O ouro de Bia Ferreira, nascida em Salvador em 9 de dezembro de 1992, foi ressaltado por um detalhe que a torna uma das esperanças de medalha, ano que vem, nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. A brasileira foi eleita a melhor atleta da competição, que reuniu 226 boxeadoras, de 56 países.

 

 

 

Para chegar ao título na Rússia, Beatriz Ferreira, beneficiada pela Bolsa Pódio do Governo Federal, venceu cinco lutas. Na estreia, superou Keamogetse Kenosi, de Botsuana, por nocaute técnico. Na sequência, derrotou a venezuelana Omailyn Alcalá por unanimidade. Então, nas quartas de final, superou a russa Natalia Shadrina em uma decisão dividida, que terminou em 3 a 2 para a brasileira. A vitória sobre a russa assegurou vaga na semifinal e, com isso, no mínimo a medalha de bronze já estava assegurada, já que no boxe não há disputa pelo bronze e as perdedoras na semifinal ficam com a medalha.

 

 

Na semifinal, Bia triunfou sobre a norte-americana Rashida Ellis e, depois disso, se impôs sobre a chinesa Cong Wang para chegar à histórica medalha de ouro. Além de Bia, o Brasil foi representado por outras duas atletas em Ulan-Ude. Grazieli de Jesus venceu uma luta e perdeu a seguinte, enquanto Jucielen Romeu foi eliminada na estreia.

 

 

 

Na final, Beatriz Ferreira mostrou uma incrível técnica diante da chinesa. Contra uma adversária muito mais alta, a brasileira lutou com muita atenção na defesa, desferindo precisos cruzados de esquerda, fortes diretos e uma perfeita movimentação no ringue.

 

 

 

A rival simplesmente não encontrou Bia no ringue. Suas tentativas de reação apenas provocavam respostas imediatas e muito mais efetivas por parte da brasileira. Foi a coroação de uma atleta de cujo talento é endossado por títulos. Somente em 2019, Beatriz Ferreira foi campeã pan-americana e campeã mundial. Na carreira, ela chegou ao pódio em 24 das 25 competições internacionais disputadas. Um talento que foi lapidado pela equipe técnica da Confederação Brasileira de Boxe (CBBoxe), composta pelo head coach Mateus Alves, Leo Macedo, Mone Lima e Claudio Aires.

 

 

Medalhistas

Confira quem foram os medalhistas brasileiros em Campeonatos Mundiais de Boxe Olímpico, em edições dos Jogos Olímpicos, além de outros resultados. Foram quatro medalhas Olímpicas e nove medalhas em Campeonatos Mundiais, sendo que a maioria dos resultados vieram a partir de 2009.

 

 

 

Jogos Olímpicos

 

Rio 2016

Ouro – Robson Conceição

Londres 2012

Prata – Esquiva Falcão

Bronze – Yamaguchi Falcão

Bronze – Adriana Araújo

México 1968

Bronze – Servílio de Oliveira

 

 

 

Campeonatos Mundiais

2019

Mundial Feminino da Rússia

Ouro – Beatriz Ferreira

Mundial Masculino da Rússia

Bronze – Hebert Conceição

2018

Mundial Juvenil da Hungria

Bronze – Luiz Oliveira

Bronze – Rebecca Lima

2015

Mundial Masculino do Catar

Bronze – Robson Conceição

2014

Mundial Feminino da Coreia do Sul

Bronze – Clélia Costa

2013

Mundial Masculino do Cazaquistão

Prata – Robson Conceição

Bronze – Everton Lopes

Mundial Masculino Cadete da Ucrânia

Bronze – Cássio Oliveira

2011

Mundial Masculino do Azerbaijão

Ouro – Everton Lopes

Bronze – Esquiva Falcão

2010

Mundial Juvenil do Azerbaijão

Ouro – David Lourenço

Mundial Feminino de Barbados

Ouro – Roseli Feitosa

2002

Mundial Feminino da Turquia

Bronze – Ana Paula Lúcio dos Santos

1986

Mundial Masculino dos Estados Unidos

Bronze – Hamilton Rodrigues

Jogos Olímpicos da Juventude

Buenos Aires 2018

Ouro – Keno Marley

Bronze – Luiz Oliveira

Cingapura 2010

Ouro – David Lourenço

 

 

Da Redação com informações da Confederação Brasileira de Boxe