Campeonato Brasileiro Paralímpico de Atletismo: Petrúcio leva o ouro no Primeiro Campeonato Brasileiro de Atletismo na Capital Paulista.

Centro Paralímpico Brasileiro, São Paulo, SP – Campeonato Brasileiro Loterias Caixa de Atletismo – Petrucio Ferreira. Foto: Daniel Zappe/CPB/MPIX.

 

A manhã do segundo dia de provas do primeiro Campeonato Brasileiro Loterias Caixa de Atletismo marcou a competição com a participação de grandes nomes do atletismo paralímpico nacional. As provas foram transmitidas ao vivo pelo canal SporTV 3 em todo o país. A competição prossegue na tarde de sábado e se encerra no final da manhã deste domingo, 30, com 522 atletas, de 23 Estados mais o Distrito Federal.

 

 

 

O Campeonato Brasileiro Loterias Caixa de Atletismo é organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro. Esta é a terceira e última etapa do ano (sendo as duas anteriores conhecidas como Circuito Loterias Caixa de Atletismo), e o mais importante evento paralímpico nacional de atletismo e irá, além de declarar os campeões brasileiros de suas classes, distribuirá mais de R$65 mil em premiação entre atletas, treinadores e clubes.

 

 

 

 

 

O paraibano Petrúcio Ferreira, ouro nos 100m na classe T47 (amputados de membros superiores) venceu a prova com a marca de 10s56. Este foi o segundo melhor tempo na carreira do atleta para esta distância. Sua performance mais marcante veio em junho deste ano com o recorde mundial, onde alcançou a marca de 10s50 no Grand Prix de atletismo do IPC (Comitê Paralímpico Internacional, em inglês) cidade de Paris, França.

 

 

 

 

“Eu fico feliz pela competição, que dá destaque para novos atletas de provas tanto de pista como de campo. Minha meta não era melhorar as marcas, mas eu dei o meu melhor. Estou numa fase pesada de treino, de pré-base, focada para 2019 e mesmo nestas condições, consegui ótimos resultados. Me faz imaginar como será no ano que vem”, comemora o atleta.

 

 

 

 

 

O ano de 2019 marca o pré-jogos de Tóquio 2020, com a realização do campeonato mundial de Atletismo em novembro, em Dubai, e o Parapan-Americano de Lima, em agosto.

 

 

 

 

Outro destaque da competição foi o atleta da classe T12 (deficientes visuais) Joeferson Marinho de Oliveira, de 19 anos, que bateu sua marca anterior de 11s02 – terceira melhor do ranking mundial no ano, com o tempo de 10s92. O resultado garante ao atleta o segundo lugar, que pertencia ao atleta americano Noah Malone (10s99).

 

 

 

 

“As competições estão muito boas. Venho de uma evolução constante e muita preparação, com foco nas provas do ano que vem e, principalmente para Tóquio 2020. Estou muito feliz com o resultado e pela liderança do ranking nacional na minha classe”, comentou Joeferson após a conquista.

 

 

 

 

O evento continuará no período da tarde no sábado, a partir das 14h, e no domingo, 30, das 08h até o meio-dia, no CT Paralímpico, localizado em São Paulo. A entrada para o evento é gratuita.

 

 

 

 

Patrocínios

 

 

 

O campeonato brasileiro de atletismo tem patrocínio das Loterias Caixa.

 

 

A Braskem é patrocinadora do paratletismo brasileiro.

 

 

 

Serviço

Data: 28 a 30 de setembro

Cidade: São Paulo (SP)

Local: CT Paralímpico Brasileiro, em São Paulo – Rodovia dos Imigrantes, km 11,5 (ao lado do São Paulo Expo)

 

 

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro