Campeonato Brasileiro 2019 – Brasileirão: Corinthians empata com o Grêmio em Porto Alegre

Corinthians empata com o Grêmio em Porto Alegre

 

A série de vitórias do Corinthians no Brasileirão, que já durava três jogos, foi interrompida na noite deste sábado, na Arena do Grêmio. Em jogo válido pela 23ª rodada, o time comandado pelo técnico Fábio Carille não conseguiu sair de um empate sem gols com os donos da casa e deixou o Santos, time com o qual estava empatado em pontuação, abrir dois pontos de vantagem na tabela.

 

 

Ainda em quarto lugar, o Corinthians tem 42 pontos contra 44 dos santistas, que estão em terceiro lugar. De qualquer maneira, a equipe corintiana não tem chances de ser ultrapassada por nenhum time nesta rodada. O Grêmio, por sua vez, fica em oitavo lugar, com 35 pontos.

 

 

O técnico Fábio Carille colocou o Corinthians em campo com uma escalação pouco usual, com Ralf como o único volante de origem e Sornoza posicionado mais à frente, como segundo homem do meio de campo. A intenção era deixar o time mais leve, mas a ideia não foi executada exatamente como o treinador imaginou.

 

 

Trocar passes foi um dos maiores desafios para o time corintiano. Os jogadores buscavam Pedrinho ou Sornoza para distribuir o jogo, só que os dois estavam sempre bem marcados pelos gremistas, sem espaço para jogar, isso também pela falta de aproximação dos companheiros.

 

 

Já o Grêmio, quando tinha a bola nos pés, mostrava mais recursos e conseguia envolver os visitantes, apesar de certa dificuldade na hora de acertar o último passe. Assim, o primeiro tempo correu sem grandes emoções e terminou com o placar zerado.

 

 

O segundo tempo começou com o Grêmio mais intenso no ataque, insistente na tentativa de quebrar o forte sistema defensivo corintiano. O volume de jogo era grande e as chances apareciam, mas o time paulista conseguia se segurar, apesar de fazer o serviço pela metade, uma vez que falhava em armar as contra-ataques.

 

 

O desempenho ofensivo do Corinthians melhorou um pouco com a entrada de Mauro Boselli no lugar de Clayson, aos 17 minutos. Logo aos 20, o argentino deu um cabeceio e parou em Paulo Victor, que voltou a ser acionado dois minutos depois, quando espalmou um chute cruzado de Fagner.

 

 

Os minutos finais foram de um jogo um pouco mais aberto, com os dois times se aproximando com certa facilidade da área adversária. O problema dos erros no último passe, que já perturbava o Grêmio desde o primeiro tempo, se fez presente também do lado paulista. Diante deste cenário, ninguém conseguiu tirar o zero do marcador.

 

 

O Corinthians volta a campo na próxima quinta-feira, quando recebe o Athletico-PR na Arena Corinthians, a partir das 19h15. O Grêmio joga um dia antes, na quarta, em duelo contra o Ceará, no Centenário, em Caxias do Sul.

 

 

Da Redação com informações da FPF