Campeonato Brasileiro 2018 – Brasileirão: Santos vence o Atlético Mineiro por 3 a 2 na Vila Belmiro pela penúltima rodada do Brasileirão.

Santos
Santos – Imagem: Portal Bragança

 

 

 

Na despedida do volante Renato, que entrou na segunda etapa, o Santos conseguiu encerrar um jejum de cinco jogos ao derrotar o Atlético-MG por 3 a 2, na noite deste sábado (24), na Vila Belmiro, na Baixada Santista, em duelo válido pela penúltima rodada do Brasileirão. Carlos Sánchez, Felippe Cardoso e Gabriel marcaram para os santistas, enquanto Ricardo Oliveira, duas vezes, descontou para os visitantes.

 

 

Sem chances de classificação à Libertadores, o Santos subiu para o nono lugar, com 50 pontos. O Atlético-MG, por outro lado, encerrou uma sequência de três vitórias seguidas e segue em sexto, com 56, podendo ser ultrapassando pelo xará paranaense na sequência da rodada.

 

 

 

 

O começo de jogo não poderia ser mais elétrico. Logo no primeiro minuto, Sanchez caprichou na cobrança de falta e abriu o placar. O Atlético-MG tentou responder logo em seguida com Ricardo Oliveira. Ele recebeu em velocidade pela ponta esquerda, invadiu a área e deu um leve toque na saída de Vanderlei, mas errou o alvo.

 

 

 

 

O jogo seguiu aberto e movimentado com os dois times trocando ataques. O Atlético-MG, contudo, teve mais precisão e conseguiu empatar aos 16 minutos. Ricardo Oliveira recebeu na entrada da área e mandou no canto de Vanderlei, que chegou a tocar na bola.

 

 

 

 

Apesar do placar, o Santos encontrou mais espaços para jogar especialmente nas costas dos homens de marcação do Atlético-MG. Numa dessas escapadas, Pituca deixou Felippe Cardoso dentro da área. O centroavante passou pelo marcador e finalizou forte, sem chances para Victor, aos 33 minutos. Logo em seguida, aos 36, Gabriel recebeu de Dodô e tocou na saída do goleiro para ampliar.

 

 

 

O Atlético-MG voltou para o segundo tempo tentando reanimar o jogo. Logo aos sete minutos, Vanderlei saiu errado após cobrança de escanteio e, no bate-rebate, Ricardo Oliveira junto com Alison, mandou a bola para o fundo das redes.

 

 

 

Os dois times tiveram espaço para jogar, mas com o desgaste, o que se viu foi um festival de faltas duras para tentar parar contra-ataques. Em apenas seis minutos, Dodô, Alison e Pituca foram amarelados em faltas duras. No ataque, foi o Santos quem teve a melhor chance com González, mas Victor caiu bem para fazer a defesa em finalização à queima-roupa.

 

 

 

Aos 31 minutos, o Santos teve Carlos Sánchez expulso após cometer falta dura em Elias no meio-campo. Mesmo com a desvantagem numérica, a equipe conseguiu se segurar e comemorou a vitória. O resultado foi dedicado ao volante Renato, que jogou na Vila pela última vez em sua carreira.

 

 

 

Os dois times voltam a campo no próximo domingo (2), às 17h, quando será disputada a última rodada do Brasileirão. O Atlético-MG recebe o Botafogo, no Independência, enquanto o Santos visita o Sport, na Ilha do Retiro, em Recife.

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da FPF