Campeonato Brasileiro 2018 – Brasileirão: Jair Ventura é o novo técnico do #Corinthians

Jair Ventura é o novo técnico do #Corinthians – foto: Divulgação/Redes Sociais do Corinthians

 

 

O Corinthans divulgou através de suas redes sociais a contratação do técnico Jair Ventura, que substituirá Osmar Loss que retornou ao cargo de auxiliar-técnico.

 

Jair Ventura é filho do ex-jogador Jairzinho, ídolo do Botafogo e um dos heróis da Copa de 70. Nas horas vagas, o treinador gosta de ler livros (biografias, comportamento e psicologia são seus temas preferidos) e de assistir a filmes.

 

 

 

Jair teve uma rápida carreira como jogador, atuou em times pequenos do Rio de Janeiro, além de equipes na Grécia e no Gabão. Aposentou-se aos 26 anos de idade, e foi trabalhar como preparador físico no Botafogo(RJ), sendo elevado a condição assistente técnico em 2009 pelo então técnico Ney Franco.

 

 

 

 

Estreou como treinador interino em 27 de janeiro de 2010, no Campeonato Carioca com vitória fora de casa por 2-1 contra o Tigres do Brasil. Ele voltou ao seu antigo papel como assistente após a chegada de Joel Santana, treinando também o sub-20 da equipe por dois anos, antes de ser desligado em 2013.

 

 

 

 

Retornou ao Botafogo(RJ) em 2015, depois de uma curta passagem pelo CSA.Em 13 de agosto de 2016, definitivamente, ele foi efetivado como treinador interino, em substituição a Ricardo Gomes, que estava de saída para o São Paulo Futebol Clube.[6] O trabalho de Jair Ventura, muito exaltado pela imprensa e pelos jogadores, foi de grande importância para uma arrancada do Botafogo, e de candidata ao rebaixamento, a equipe passou a brigar por uma classificação para a Copa Libertadores da América de 2017.

 

 

 

 

No Botafogo(RJ) ele comandou a equipe por 99 jogos, conquistando 45 vitórias, 23 empates e 31 derrotas, contabilizando uma 53,2% de aproveitamento dos pontos disputados.

 

 

 

 

Jair Ventura deixou o Botafogo(RJ) no final de 2017 para comandar o Santos na temporada 2018, mas os resultados não foram satisfatórios no ponto de vista da diretoria Santista, sendo demitido 23 de Julho de 2018. Durante a passagem pelo Peixe, Jair comandou o time em 39 jogos, tendo um aproveitamento de 44,4%, com 14 vitórias, 10 empates e 15 derrotas.

 

 

 

Da Redação com informações baseadas em artigo da wikipedia