Campeonato Brasileiro 2018 – Brasileirão: Atlético Mineiro vence o Botafogo no Rio de Janeiro

Atlético Mineiro faz 3 a 0 no Botafogo fora de casa no 19ª rodada - Foto: Divulgação/Bruno S. C. Júnior/Atlético Mineiro
Atlético Mineiro faz 3 a 0 no Botafogo fora de casa no 19ª rodada – Foto: Divulgação/Bruno S. C. Júnior/Atlético Mineiro

Tarde atleticana no Nilton Santos. No Rio de Janeiro (RJ), o Atlético-MG venceu o Botafogo por 3 a 0 pela 19ª rodada do Brasileirão. O gols da vitória do Galo foram marcados por Luan, Cazares e Tomás Andrade.

O Atlético-MG segue na quinta colocação e soma agora 33 pontos. Enquanto o Glorioso caiu para o 11º lugar, com 22 pontos.

O jogo

A primeira etapa da partida teve chances para os dois lados. Aos sete minutos, os donos da casa já assustaram a meta atleticana. Leonardo Valencia arriscou de longe e Victor caiu para fazer a defesa. Dez minutos depois, Ricardo Oliveira quase abriu o placar para o Galo. Matheus Galdezani encontrou o atacante que conduziu a bola até a entrada da área, bateu cruzado e o chute passou rente a trave do goleiro Saulo. A resposta do Botafogo veio em lindo lance de Renatinho. Em bola cruzada, o meia, sem deixar a bola cair, chutou com categoria e Victor apareceu mais uma vez. Aos 40, Ricardo Oliveira teve nova chance. Em jogada individual, Chará tocou para o camisa 9 que chegou chutando e de novo bola passou perto da meta do Glorioso. Já na marca dos 45, Cazares levantou a bola na área e Nathan por pouco não marcou para o Atlético no último minuto do primeiro tempo.

Na volta do intervalo, o Atlético-MG foi quem voltou pressionando. Até que aos 16, Galdezani achou bom passe para Luan que com categoria tocou para o fundo da rede. Aos 28, mais uma oportunidade para o Galo. Ricardo Oliveira dominou na área e chutou rasteiro para a defesa de Saulo. Sete minutos depois, em rápido contra-ataque, Chará cruzou para Cazares fazer o segundo gol atleticano. Aos 44, no erro em saída de bola do Botafogo, Ricardo Oliveira tocou para Tomás Andrade ampliar para os mineiro e dar números finais a partida.

Fonte: CBF