Campeonato Brasileiro 2016 – Brasileirão: Corinthians perde para o Cruzeiro por 3 a 2 e fica sem vaga na Libertadores

Corinthians perde para o Cruzeiro por 3 a 2 e fica sem vaga na Libertadores – Foto: Gualter Naves / Light Press / Cruzeiro

 

 

 

Após a derrota para o Cruzeiro, por 3 a 2, nesta tarde (11) no Mineirão, em Belo Horizonte (MG), pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians terminou a competição com 55 pontos, em sétimo lugar e está fora da Libertadores.

 

 

 

As duas vagas que restavam para a fase de classificação da Libertadores ficaram para o Botafogo, que venceu o Grêmio, por 1 a 0, e ficou em quinto lugar, com 59 pontos, e para o Atlético-PR que empatou sem gols em casa com Flamengo e garantiu a sexta posição, com 57 pontos. O time mineiro, que se recuperou na competição após um péssimo início, somou 51 pontos, em 12º lugar e também vai disputar a Copa Sul-Americana.

 

 

 

 

O início do jogo foi de velocidade, com os dois times mostrando que buscariam os gols. Tanto que as chances foram saindo, uma atrás da outra. Aos três minutos, Robinho foi lançado no lado direito da grande área e bateu cruzado.

 

 

 

 

Quando foi ao ataque, o Corinthians abriu o placar. Aos oito minutos, após levantamento do lado esquerdo, em falta, muitos corintianos subiram para cabecear confundindo a defesa. Rodriguinho desviou e Guilherme, na pequena área, completou com os pés para as redes.

 

 

 

 

Depois, o Cruzeiro foi mais agudo no ataque. Aos 18 minutos. Rafael Sobis arriscou chute de fora da área e Walter desviou com a ponta dos dedos. A bola ainda tocou no travessão e foi para escanteio.

 

 

 

 

O empate saiu aos 23 minutos. Numa rápida troca de passes a bola passou de Rafael Sobis para Robinho e passe perfeito a Arrascaeta, do lado direito. Ele ajeitou e bateu forte. A bola ainda tocou em Walter, mas entrou.

 

 

 

No segundo tempo, o técnico Oswaldo de Oliveira começou com duas mudanças para tentar dominar o setor de meio-campo. Tirou o atacante Romero para a entrada de Giovanni Augusto e colocou o lateral-esquerdo Guilherme Arana para a vaga do volante Camacho, passando Uendel para melhorar o passe no meio.

 

 

 

 

Outra vez o time paulista começou melhor e fez o segundo gol aos oito minutos. Após tabela pelo lado direito entre Rodriguinho e Fagner saiu o cruzamento e a cabeçada, de outro lado, de Marlone: 2 a 1.

 

 

 

 

Mas durou pouco a alegria corintiana. O Cruzeiro virou rapidamente. Aos 11 minutos, Robinho fez a virada e o lateral Ezequiel entrou nas costas de Arana para bater de primeira. Dois minutos depois, aos 13, o levantamento saiu dos pés de Alisson e Robinho ajeitou, deu um corte em Arana e bateu de esquerda no meio do gol.

 

 

 

 

A virada desanimou o Corinthians, que se entregou em campo e não teve forças para reagir. Muitos erros de passes, pouca aproximação e nenhuma ameaça ao goleiro mineiro. O Cruzeiro preferiu tocar a bola ao invés de manter a pressão no ataque, garantindo a vitória diante de sua torcida

 

 

CRUZEIRO 3 x 2 CORINTHIANS

 
38ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 11/12/2016, domingo
Local: Mineirão, em Belo Horizonte
Árbitro: Wagner Rway – MT (ASP-FIFA)
Público: 11.569 pagantes – 16.074 presentes
Renda: R$ 381.687,00

 

Cartões amarelos: Edimar e Ezequiel (Cruzeiro); Vilson, Balbuena, Guilherme e Guilherme Arana (Corinthians)

 

 

Gols: De Arrascaeta, aos 23 minutos do primeiro tempo, Ezequiel aos 11 e Robinho aos 13 minutos do segundo tempo; Guilherme aos 7 do primeiro tempo e Marlone aos 9 do segundo tempo

 

 

 

 

 

Cruzeiro: Rafael; Ezequiel, Manoel, Léo e Edimar; Henrique, Ariel Cabral e Robinho; De Arrascaeta, Alisson (Rafinha) e Rafael Sóbis (Marcos Vinícius). Técnico: Sidnei Lobo

 

 

 

 

Corinthians: Walter; Fagner, Vilson, Balbuena e Uendel (Léo Jabá); Cristian, Camacho (Guilherme Arana), Marlone, Rodriguinho e Ángel Romero (Giovanni Augusto); Guilherme. Técnico: Oswaldo de Oliveira

 

 

 
Da Redação com informações provenientes da FPF e do  Site Oficial do Cruzeiro