Campeonato Brasileiro 2015 – Brasileirão: Times Paulistas buscam o 29º título nacional da Competição para o Estado.

Brasileirão 2015
Brasileirão 2015

 

 

Com a unificação dos títulos brasileiros homologada pela CBF em 2010, foram disputados ao longo da história 58 Campeonatos Brasileiros e a supremacia paulista é latente, com quase o dobro de conquistas do Rio de Janeiro, estado que vem em segundo lugar. Em 2015, cinco equipes do Estado de São Paulo vão lutar pelo aumento deste número de conquistas.

 

 

 

Disputado pela primeira vem em 1959, já que havia a necessidade de a CBD (Confederação Brasileira de Desportos) indicar um representante do País que disputaria a Taça Libertadores da América, que teria sua primeira edição disputada em 1960, o Campeonato Brasileiro tem, ao todo, 17 equipes campeãs, cinco delas de São Paulo.

 

 

 

Corinthians cinco vezes (1990, 1998, 1999, 2005 e 2011), Guarani uma vez (1978), Palmeiras oito vezes (1960, 1967, 1967, 1969, 1972/73, 1993/94), Santos oito vezes (1961/62/63/64/65, 1968, 2002 e 2004) e São Paulo seis vezes (1977, 1986, 1991, 2005, 2006 e 2007) somam ao todo 28 conquistas nacionais de clubes paulistas, contra apenas 15 dos cariocas, estado com segundo maior número de títulos brasileiros.

 

 

 

Empatados com cinco títulos cada, gaúchos e mineiros aparecem na sequência da lista, enquanto baianos e paranaenses têm duas conquistas. Com o Sport sendo considerado o campeão da polêmica Copa União, o Campeonato Brasileiro de 1987, o estado do Pernambuco tem uma taça.

 

 

Domínio paulista

 

 

Em todas as décadas – à exceção de 1950 quando só o campeonato de 1959 foi disputado e o Bahia venceu – há conquistas de paulistas. Mas, alguns times marcaram épocas em determinados momentos da história do Campeonato Brasileiro.

 

 

 

Na década de 1960, Palmeiras e Santos dominaram. Juntos conquistaram dez títulos, com destaque para o time comandado por Pelé. O time da Vila Belmiro conquistou um inédito pentacampeonato da Taça Brasil entre 1961 e 1965 e ainda conquistou o Torneio Roberto Gomes Pedrosa de 1968. Com os títulos palmeirenses de 1960, 1967 (duas vezes) e 1969, foram quase uma década inteira com somente títulos do Estado de São Paulo. Campeões da Taça Brasil em 1966 e 1968, Cruzeiro e Botafogo, respectivamente, foram os intrusos nesta sequência de conquistas dos times bandeirantes.

 

 

Depois de viver o apogeu, com dez títulos em 14 disputados, o futebol paulista viveu certa queda nas décadas de 1970 e 1980, quando conquistou apenas seis títulos em 20 disputas. Na ocasião, o Palmeiras foi bicampeão em 1972 e 1973, viu o São Paulo vencer seu primeiro título nacional em 1977 e repetir a dose em 1986, diante do Guarani que antes, em 1978, conquistou o único título de um time do interior. Encerrando a década de 1980, o Corinthians ganhou em 1990 o seu primeiro título.

 

 

 

A conquista corintiana pareceu abrir novos horizontes aos times do estado que voltaram a dominar a competição nacional na década de 1990. Foram cinco títulos contra quatro cariocas em dez disputas. São Paulo em 1991 e os bicampeões Palmeiras (93/94) e Corinthians (98/99) reintroduziram as equipes do estado no rumo das conquistas nacionais, já que o século seguinte seria ainda melhor neste sentido.

 

 

 

Na primeira década do novo século, foram seis conquistas com direito ao Santos voltando a ser campeão depois de 33 anos, com os títulos de 2002 e 2004, o São Paulo emplacando um histórico tricampeonato entre 2006 e 2008, e o Corinthians campeão em 2005. O time do Parque São Jorge, aliás, foi o último paulista a conquistar o nacional, em 2011, na única conquista do estado nesta segunda década do novo século.

 

 

Da Redação com informações da FPF