Campeonato Brasileiro 2015 – Brasileirão: Ponte Preta vence o Avaí e se afasta ainda mais da zona da degola

Ponte Preta
Ponte Preta

 

 

Depois de um período difícil, a Ponte Preta ganhou certa tranquilidade no Campeonato Brasileiro. A equipe venceu o Avaí por 2 a 0 nesta quinta-feira, no Moisés Lucarelli, e se manteve na décima posição, agora com 25 pontos, nove a mais que o Goiás, primeiro time na zona de rebaixamento. O clube catarinense é o 16º colocado, com 20.

 

 

No primeiro tempo, a melhor chance foi da Ponte Preta. O árbitro Marcelo de Lima Henrique viu toque de mão do zagueiro Jéci dentro da área e marcou o pênalti. Porém, na cobrança, o atacante Borges isolou.

 

 

 

Oportunidade desperdiçada na etapa inicial, mas aproveitada depois do intervalo. Aos 14 minutos do segundo tempo, Borges recebeu cruzamento de Gilson e cabeceou no cantinho: 1 a 0 para o Ponte. Depois, aos 27, Felipe Azevedo fechou o placar com um golaço de fora da área.

 

 

 

No fechamento do primeiro turno do Brasileiro, a Ponte Preta visita o Sport na Ilha do Retiro, no domingo, às 16h. No mesmo dia e horário, o Avaí recebe o Corinthians na Ressacada.

 

 
FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 2 X 0 AVAÍ

 

 

 

Local: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data-hora: 13/8/2015 – 19h30
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (PE)
Auxiliares: Elan Vieira de Souza (PE) e Bruno Cesar Chaves Vieira (PE)
Renda/Público: R$ 82.210,00/ 7.667 presentes.
Cartões amarelos: Diego Oliveira (PON) e Jeci (AVA)
Cartões vermelhos: Não houve.

 

 

Gols: Borges, 14’/2ºT(1-0) e Felipe Azevedo, 27’/2ºT(2-0).

 

 

 

PONTE PRETA: Marcelo Lomba, Rodinei, Renato Chaves, Pablo e Gilson; Josimar e Fernando Bob e Bady (Juninho, 24’/2ºT); Felipe Azevedo, Borges (Diego Oliveira, 20’/2ºT) e Cesinha (Keno, 9’/2ºT) – Técnico: Doriva.

 

 

 

AVAÍ: Diego; Nino Paraíba, Emerson, Jeci e Romário; Adriano (Conrado, 29’/2ºT), Pablo, Tinga e Renan Oliveira; Néstor Camacho (Hugo, 16’/2ºT) e Roberto (Yuri, 10’/2ºT) – Técnico: Juninho.

 

 

 
Fonte: Da Redação com informações provenientes da CBF