Arco: O Brasileiro Marcus Vinícius D’Almeida conquistou o título mundial júnior de tiro com arco nos EUA

Brasileiro conquista título mundial júnior de tiro com arco nos EUA Atleta é uma das esperanças de medalha do País nos Jogos Olímpicos Rio 2016 Divulgação/Brasil 2016
Brasileiro conquista título mundial júnior de tiro com arco nos EUA
Atleta é uma das esperanças de medalha do País nos Jogos Olímpicos Rio 2016
Divulgação/Brasil 2016

 

 

 

Marcus Vinícius D’Almeida, 17, conquistou o título mundial júnior de tiro com arco. “Obrigado, Senhor, por mais essa conquista. Só o Senhor sabe tudo que passamos para chegar aqui! CAMPEÃO MUNDIAL CADETE!”, celebrou o jovem sua conquista, em uma rede social.

 

 

A competição foi disputada em Yankton, nos Estados Unidos. Competindo no arco recurvo na categoria cadete, o atual vice-campeão da Copa do Mundo entre os adultos bateu na decisão o holandês Jan Van Tongeren, por 6 x 2. O atleta é uma das esperanças de medalha do País nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

 

 

 

 

“É um bom retorno, especialmente neste tempo”, disse Marcus, tremendo, conforme depoimento ao site da Confederação Brasileira de Tiro com Arco (CBTArco). “Foi um dia muito difícil. Estava muito frio e ventoso para todos”, contou.

 

 

 

 

Cabeça de chave número um da competição, o atirador brasileiro se classificou para os playoffs com a maior pontuação entre os 75 competidores. Ele somou 680 pontos, um a mais que o próprio Van Tongeren, segundo colocado com 679.

 

 

 

Na fase eliminatória, Marcus Vinícius venceu três confrontos para chegar até a final. O primeiro adversário foi o esloveno Ziga Ravnikar. Curiosamente, foi o rival que deu mais trabalho ao brasileiro. A vitória veio de virada, pelo placar de 6 x 4.

 

 

 

Na sequência, o brasileiro encarou dois atletas norte-americanos. Nas oitavas de final, Marcus Vinícius passou por Geunwoo Kim, por 7 x 1. Já nas quartas de final, a vitória sobre Ryan Oliver veio pelo placar de 7 x 3.

 

 

 

Para alcançar a decisão, Marcus Vinícius duelou com o sul-coreano Seungjun Lee, cabeça de chave número cinco. O brasileiro repetiu o placar anterior e avançou à final: 7 x 3.

 

 

 

Perfil

 

 

 

Marcus tem como ídolo Ayrton Senna. Começou a carreira no esporte há cinco anos, contou em depoimento ao site de atletas do Comitê Olímpico do Brasil (COB).

 

 

 

“Eu tinha 12 anos e morava em Maricá, a cidade que tem a sede da CBTArco (Confederação Brasileira de Tiro com Arco). É um espaço grande, bacana e você acaba conhecendo alguém que faz o esporte por lá. Fui fazer para ver como era e acabei me apaixonando”.

 

 

 

Bolsa Atleta

 

 

 

Uma das principais iniciativas do Plano Brasil Medalhas foi implantar a Bolsa Atleta Pódio, instituída no Programa Atleta Pódio pela lei nº 12.395, de 16 de março de 2011. A Bolsa Atleta Pódio é uma nova categoria do programa Bolsa Atleta e seus benefícios variam entre R$ 5 mil e R$ 15 mil.

 

 

 

Prêmios

 

 

 

A Federação Internacional do Tiro com Arco elegeu Marcus o segundo melhor arqueiro da temporada 2014. Ele também foi indicado como o atleta-revelação do ano, com 43% dos votos. Em segundo lugar ficou o francês Pierre Plihon (20%) e em terceiro o chinês Li Jiaman (18%).

 

 

 

Confira os títulos do jovem atleta brasileiro

 

  • Campeão sul-americano individual, equipe, equipe mista
  • Campeão Brasileiro equipe mista
  • Campeão Brasileiro cadete
  • Campeão continental equipe mista juvenil
  • Recordista Sul-americano
  • Campeão mundial cadete.

 

 
Fonte: Da Redação com informações provenientes do Festival do Portal Brasil com informações do Brasil 2016, Comitê Olímpico do Brasil e CBTArco